Geral

Israel quer desalojar 400 hectares palestinos na Cisjordânia

O exército israelense anunciou neste domingo que expropriará 400 hectares do território palestino da Cisjordânia, no setor de Belém. “Seguindo as instruções do poder político (…) 400 dunams em Gevaot são declarados terras do Estado”, disse o exército, acrescentando que as partes afetadas têm 45 dias para apelar, sem dar mais explicações. Trata-se de uma […]

Arquivo Publicado em 31/08/2014, às 11h33

None
107395658.jpg

O exército israelense anunciou neste domingo que expropriará 400 hectares do território palestino da Cisjordânia, no setor de Belém.


“Seguindo as instruções do poder político (…) 400 dunams em Gevaot são declarados terras do Estado”, disse o exército, acrescentando que as partes afetadas têm 45 dias para apelar, sem dar mais explicações.


Trata-se de uma decisão sem precedentes desde os anos 1980 por sua envergadura, reagiu alarmada a organização ‘A Paz Agora’, contrária à colonização nos territórios ocupados.


A Paz Agora considera o anúncio como “a prova de que o primeiro-ministro (Benjamin) Netanyahu segue levantando obstáculos ao projeto de dois Estados (israelense e palestino) e promovendo uma solução que consiste em apenas um Estado”.

Jornal Midiamax