Geral

Índios fazem protesto na Praça Ary Coelho e vão para a PF tentar entregar documento

Cerca de 150 índios, vindos de Sidrolândia em dois ônibus, se reuniram na Praça Ary Coelho, centro de Campo Grande, nesta sexta-feira (30), para o Ato contra a Impunidade e pela Demarcação das Terras Indígenas já. O movimento é por causa data que marca um ano do assassinato de Oziel Terena, morto durante a reintegração […]

Arquivo Publicado em 30/05/2014, às 19h23

None
535821705.jpg

Cerca de 150 índios, vindos de Sidrolândia em dois ônibus, se reuniram na Praça Ary Coelho, centro de Campo Grande, nesta sexta-feira (30), para o Ato contra a Impunidade e pela Demarcação das Terras Indígenas já. O movimento é por causa data que marca um ano do assassinato de Oziel Terena, morto durante a reintegração de posse da Fazenda Buriti.

As lideranças da terra indígena Buriti discursaram com a impunidade da morte Oziel que completa um ano hoje. Eles querem que a morte seja investigada e os culpados punidos, além de pedirem a demarcação das terras indígenas pelo governo federal.

Neste momento todos os índios foram para a sede da Polícia Federal na cidade para entregar um documento feito por ele que pede o cumprimento destas exigências. A programação do dia continua na Praça Ary Coelho.

Jornal Midiamax