Geral

Ícone do PSTU em Mato Grosso do Sul, Suél Ferranti poderá ser candidato a vice ou senador

Eterno candidato, o militante Suél Ferranti (PSTU) poderá novamente disputar as eleições, desta vez para o cargo de vice-governador ou de senador. A definição será na convenção estadual do partido, neste domingo (22), às 14 horas, na Associação dos Ferroviários Aposentados. Funcionário público concursado com salário pouco superior a R$ 4 mil, Suél ficou conhecido […]

Arquivo Publicado em 22/06/2014, às 14h41

None

Eterno candidato, o militante Suél Ferranti (PSTU) poderá novamente disputar as eleições, desta vez para o cargo de vice-governador ou de senador. A definição será na convenção estadual do partido, neste domingo (22), às 14 horas, na Associação dos Ferroviários Aposentados.

Funcionário público concursado com salário pouco superior a R$ 4 mil, Suél ficou conhecido pela insistência em que disputa cargos majoritários, pela simplicidade (possui um carro Corcel II e uma casa de madeira) e pelas propostas radicais, como o não pagamento de dívidas públicas.

Segundo o pré-candidato a governador Professor Monje, o PSTU tem como opções para candidato a vice Suél Ferranti e o porteiro Valdemir. Outra opção para Suél, ainda conforme Monje, é a vaga para o Senado.

O PSTU estuda lançar “chapa pura”, mas Monje ainda tem esperança em uma coligação com o PSol. “Nós ficamos sabendo pela imprensa que o PSol já oficializou a candidatura ao governo, mas temos que ver o que diz a ata. Se é possível ainda um arco de alianças. Eu vou defender que nós até 17 horas devemos esperar o PSol”, afirmou.

Jornal Midiamax