Geral

Guerrero desencanta, e Corinthians elimina Nacional-AM

O Corinthians não tomou conhecimento do Nacional-AM na noite desta quarta-feira. Em jogo que contou com homenagens a Ayrton Senna, o time paulista aplicou 3 a 0 no adversário na Arena Amazônia, estádio que será utilizado na Copa do Mundo de 2014, e eliminou o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. […]

Arquivo Publicado em 01/05/2014, às 01h35

None

O Corinthians não tomou conhecimento do Nacional-AM na noite desta quarta-feira. Em jogo que contou com homenagens a Ayrton Senna, o time paulista aplicou 3 a 0 no adversário na Arena Amazônia, estádio que será utilizado na Copa do Mundo de 2014, e eliminou o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Um dos gols corintianos foi feito por Guerrero, que não marcava desde o dia 22 de janeiro, pelo Paulista.

Com a vitória, o Corinthians pode se dar ao luxo de descansar no dia 14 de maio, data marcada para o confronto de volta. Agora, a equipe alvinegra se prepara para enfrentar a Chaepcoense fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, neste domingo, às 18h30 (de Brasília).

Antes da partida, o Corinthians fez uma homenagem ao ex-piloto corintiano assumido Ayrton Senna, cuja morte em trágico acidente em Ímola completará 20 anos nesta quinta-feira. Todos os jogadores entraram em campo segurando uma réplica do capacete do ídolo nacional e vestiram o objeto antes da execução do hino brasileiro.

Em campo, o time paulista foi completamente superior nos primeiros 45 minutos. Com um futebol superior ao fraco adversário, abriu o placar aos 6min: Jadson cobrou falta com perfeição na cabeça de Cléber, que deixou o clube alvinegro na frente. O Corinthians ainda aumentou aos 21min: Bruno Henrique roubou bola no campo de ataque, chutou para defesa do goleiro adversário e no rebote Guerrero quebrou seu jejum de gols.

A superioridade dos visitantes continuou até o intervalo. Aos 37min, Guerrero aproveitou sobra de falta cobrada por Jadson para, quase sem ângulo, acertar a trave adversária. No minuto seguinte, foi a vez de Luciano aproveitar passe de Jadson e chutar de primeira para fora.

Após não oferecer perigo nos primeiros 45 minutos, o Nacional-AM voltou com o algoz corintiano de 2008 Carlinhos Bala para a etapa final. A equipe amazonense ameaçou uma pressão e assustou o adversário, acomodado em campo. Entretanto, Romarinho, que também entrou no segundo tempo, deu chute despretensioso de fora da área aos 17min para garantir a vitória corintiana.

Até o apito final do árbitro, o time amazonense aproveitou o cansaço corintiano e chegou a assustar o adversário. O Nacional-AM teve bola na trave, gols anulados e viu Cássio fazer boas defesas, mas não conseguiu diminuir em casa.

Jornal Midiamax