Geral

Guarda municipal é agredido por motorista ao socorrer motociclista embriagado

Durante ronda, uma equipe da Guarda Municipal percebeu um motociclista caído na Rua Pintassilgo, no Bairro Morada Verde, região norte de Campo Grande, ao parar para ajudá-lo, começou a ser agredido e desacatado por um casal. O caso ocorreu às 18 horas de terça-feira (3), no cruzamento com a Avenida Ernesto Geisel. Foram detidos Luciano […]

Arquivo Publicado em 04/06/2014, às 11h58

None

Durante ronda, uma equipe da Guarda Municipal percebeu um motociclista caído na Rua Pintassilgo, no Bairro Morada Verde, região norte de Campo Grande, ao parar para ajudá-lo, começou a ser agredido e desacatado por um casal. O caso ocorreu às 18 horas de terça-feira (3), no cruzamento com a Avenida Ernesto Geisel.

Foram detidos Luciano de Moura Cardoso, de 33 anos, e Fernanda Nascimento Espírito Santo, de 20 anos, pelos crimes de desacato e lesão corporal. Eles foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro.

De acordo com os servidores, ao parar para socorrer um motociclista caído, eles perceberam que o rapaz estava embriagado e havia caído sozinho. Ao acionar a central para que ele fosse levado ao hospital, um veículo parou ao lado e o casal suspeito começou a questionou os guardas sobre o atendimento.

“O que vocês estão fazendo com ele se vocês não é polícia?”, questionou Luciano. Com isso, os servidores informaram que estavam socorrendo o rapaz. Em seguida, o casal começou a xingar os servidores, além de falar que eles não tinha autoridade para fazer isso.

Luciano desceu do carro e estava atrapalhando o atendimento ao motociclista quando foi dada a voz de prisão. Ele pegou um pedaço de madeira e bateu em um dos guardas, que teve ferimento no olho e no braço. Ao chegar à delegacia, o casal assinou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e foi liberado.

Jornal Midiamax