Geral

Grêmio vence mais uma em casa e mantém Bahia na degola

Se no meio de semana o Grêmio foi derrotado por 2 a 0 pelo Santos na Copa do Brasil em sua Arena, ao menos o time gaúcho tem sabido usar o fator casa no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe de Luiz Felipe Scolari venceu o Bahia por 1 a 0 em Porto Alegre e […]

Arquivo Publicado em 31/08/2014, às 23h25

None

Se no meio de semana o Grêmio foi derrotado por 2 a 0 pelo Santos na Copa do Brasil em sua Arena, ao menos o time gaúcho tem sabido usar o fator casa no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe de Luiz Felipe Scolari venceu o Bahia por 1 a 0 em Porto Alegre e embalou a segunda vitória seguida na competição em seus domínios, após ter batido o Corinthians na última rodada. Barcos foi o autor do gol gremista.

O resultado levou os gaúchos à sexta colocação, com 28 pontos, quatro de distância para o G-4 – o primeiro time dentro do grupo de classificação para a Libertadores é o Corinthians, que soma 32. Já o Bahia, que tinha a chance de deixar a zona do rebaixamento, se manteve com 16 pontos e na penúltima colocação, à frente apenas do rival Vitória, que tem 15.

Barcos foi protagonista em dois dos três lances de perigo dos anfitriões na Arena Grêmio, e aproveitou o segundo deles, desviando na linha do gol, aos 13min do segundo tempo, após finalização de Dudu em jogada de Giuliano. Fora isso, houve apenas um chute de Zé Roberto bem rebatido por Marcelo Lomba.

A abertura do placar, porém, marcou o fim do período criativo do meio-campo gremista. O time preferiu garantir os três pontos até catimbando, como ficou comprovado com as ordens de Felipão para que Matías Rodriguez simulasse dores e segurasse o jogo ao ser substituído por Pará.

Gilson Kleina, por sua vez, mandou o Bahia à frente, enchendo a equipe de atacantes para se aproveitar da falta de troca de passes dos gremistas, mas continuava pecando nas falhas dos seus jogadores. Acabou mais próximo de sofrer o segundo gol, em chute de Zé Roberto bem espalmado por Lomba, aos 32min.

No fim, o problema do Bahia foi sua dificuldade em acertar passes para se aproximar da zaga adversária. Às 22h (de Brasília) de quarta-feira, em Salvador, o clube volta a campo pela Sul-Americana, para defender vantagem de 2 a 0 na ida diante do Internacional.

Já o Grêmio luta no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para não ser eliminado da Copa do Brasil por conta dos atos racistas de seus torcedores contra Aranha, goleiro do Santos. O time volta a campo às 18h30 de sábado, visitando o Flamengo pelo Brasileiro.

Jornal Midiamax