Geral

Governo planeja privatizar mercado de “raspadinhas”

O governo federal planeja fazer uma licitação para passar à iniciativa privada as operações de loterias instantâneas, também conhecidas como “raspadinhas”, de acordo com informações publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo. O processo está sendo feito com o objetivo de atrair empresas internacionais. A abertura desse mercado pode render aos cofres públicos cerca […]

Arquivo Publicado em 19/03/2014, às 11h39

None
534864138.JPG

O governo federal planeja fazer uma licitação para passar à iniciativa privada as operações de loterias instantâneas, também conhecidas como “raspadinhas”, de acordo com informações publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo. O processo está sendo feito com o objetivo de atrair empresas internacionais. A abertura desse mercado pode render aos cofres públicos cerca de R$ 15 bilhões em cinco anos.

A Caixa, que detém o monopólio das loterias, deve continuar com o controle da atividade, mas as operações – produção, logística, telemarketing, venda, pós-venda, suporte – passarão para uma empresa ou consórcio de companhias privadas, que pode incluir empresas nacionais e internacionais, segundo o jornal. Atualmente, somente as atividades de distribuição e impressão são terceirizadas. Além das casas lotéricas, as loterias instantâneas poderão ser vendidas em máquinas de autoatendimento e, possivelmente, pela internet.

Jornal Midiamax