Geral

Governador chama deputado e faz apelo pela votação de concessão de rodovias em MS

André Puccinelli, governador de Mato Grosso do Sul, está preocupado com a votação do projeto de lei que prevê a concessão de trechos de rodovias do Estado para exploração comercial. Tanto que na manhã desta quinta-feira (6) durante formatura de militares não escondeu a apreensão e chamou o petista Cabo Almi de lado para fazer […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 13h11

None
1454149758.jpg

André Puccinelli, governador de Mato Grosso do Sul, está preocupado com a votação do projeto de lei que prevê a concessão de trechos de rodovias do Estado para exploração comercial. Tanto que na manhã desta quinta-feira (6) durante formatura de militares não escondeu a apreensão e chamou o petista Cabo Almi de lado para fazer um pedido.


O deputado estadual confessou que Puccinelli o pressionou para que fosse votado logo o projeto de concessão de rodovias. “Ele quer que seja votado até o dia 10 de março. Disse que não depende de mim, mas sim do plenário e que o presidente da Casa poderia agilizar isso”.


Ao todo são 11 trechos escolhidos pelo governador André Puccinelli (PMDB) e do total quatro estão em obras por meio do Programa MS Forte 2.


A exploração comercial das rodovias será por 30 anos e o governo ficará autorizado a realizar a concessão de serviço público, precedida da execução de obra pública, para administração, operação, manutenção e exploração comercial das rodovias MS-040, MS-112, MS-135, MS-180, MS-223, MS-289, MS-295, MS-306, MS-316, MS-338, MS-395 e acessos do Estado.


A argumentação do governador enviada aos deputados é de que o sistema rodoviário passará por significativa transformação com a implantação da duplicação da rodovia BR-163 e que “o Estado tem o dever de acompanhar as modificações que serão levadas a efeito na rodovia federal, e buscar a preservação da sua malha viária, em processo de recuperação por meio dos Programas MS Forte 1 e 2”.

Jornal Midiamax