Geral

Fundac deixou de pagar aluguel e serviços de água, luz e telefone por três meses

A vereadora Juliana Zorzo (PSC) revelou na tarde desta quinta-feira (20) antes de uma reunião com prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), que as contas de água, luz, telefone e também o aluguel da Fundação Municipal de Cultura, localizada na Rua Brasil, estariam atrasados em três meses. Juliana ainda disse que a dívida dos […]

Arquivo Publicado em 20/03/2014, às 20h39

None

A vereadora Juliana Zorzo (PSC) revelou na tarde desta quinta-feira (20) antes de uma reunião com prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), que as contas de água, luz, telefone e também o aluguel da Fundação Municipal de Cultura, localizada na Rua Brasil, estariam atrasados em três meses.

Juliana ainda disse que a dívida dos três meses de contas vencidas ultrapassa mais de R$ 10 mil e que o corte desses serviços poderia acontecer a qualquer momento, o que impediria o trabalho de quem assumir a Fundac. A vereadora está sendo sondada para ser a nova secretária de Cultura da Capital, mas o convite oficial ainda não foi feito pelo prefeito Gilmar Olarte.

“A pasta de Cultura deve ser indicação do PSC e eu defendo o meu nome porque o novo diretor-presidente tem de ter um bom trâmite político para poder trazer recursos”, afirma Juliana.

Má gestão

O subsecretário de Cultura Clarin de Jimenez admitiu que esses atrasos são fruto da má gestão do ex-secretário Júlio Cabral, já que os recursos foram repassados pela Prefeitura e os pagamentos deveriam ter sido executados.

Jornal Midiamax