Geral

Funcionários do Hospital Universitário iniciam greve por tempo indeterminado

Cerca de 200 enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares, nutricionistas, motoristas e funcionários do setor de serviços gerais e laboratório do Hospital Universitário (HU), cruzaram os braços em adesão a uma paralisação por tempo indeterminado. A principal reivindicação é o pagamento de plantões atrasados. Conforme o coordenador do Sista-MS (Sindicato dos Trabalhadores das ...

Arquivo Publicado em 15/09/2014, às 18h54

None
436361189.jpg

Cerca de 200 enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares, nutricionistas, motoristas e funcionários do setor de serviços gerais e laboratório do Hospital Universitário (HU), cruzaram os braços em adesão a uma paralisação por tempo indeterminado. A principal reivindicação é o pagamento de plantões atrasados.

Conforme o coordenador do Sista-MS (Sindicato dos Trabalhadores das Instituções Federais de Ensino de Mato Grosso do Sul), Lucivaldo Alves dos Santos, a lista de relação dos plantonistas que não receberam os pagamentos referentes a janeiro, fevereiro e março deste ano não foi entregue.

O coordenador do Sista-MS explicou que aguarda um ofício que seria enviado pela reitoria da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) ao Ministério da Educação. O documento vai definir se a greve será mantida ou finalizada.

“Como não tivemos nenhuma posição mantivemos a paralisação”, ressaltou. O Sista agendou uma nova assembleia para esta terça-feira (16), às 7h30 para decidir o andamento da greve que permanece por tempo indeterminado, mantendo apenas 50% do efetivo trabalhando.

Jornal Midiamax