Geral

Funcionária da Assetur com comparsas simulam assalto de R$ 7 mil em Campo Grande

Uma funcionária de 25 anos, da empresa Associação das Empresas de Transporte Coletivo e Urbano (Assetur), e mais dois comparsas são suspeitos de simularem um assalto, no qual foram levados R$ 7 mil da empresa na noite do último dia 10 deste mês. A suspeita disse à polícia, que trabalhava em um guichê do terminal […]

Arquivo Publicado em 28/01/2014, às 23h24

None

Uma funcionária de 25 anos, da empresa Associação das Empresas de Transporte Coletivo e Urbano (Assetur), e mais dois comparsas são suspeitos de simularem um assalto, no qual foram levados R$ 7 mil da empresa na noite do último dia 10 deste mês.

A suspeita disse à polícia, que trabalhava em um guichê do terminal de ônibus, quando um autor simulando estar armado chegou na porta da cabine e anunciou o suposto roubo.

Nas investigações conduzidas pela Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (Derf), imagens de câmeras mostram a funcionária entregando o dinheiro para o assaltante. Porém ela entrega a quantia sem haver ameaça ou constrangimento por parte do autor contra a vítima, demonstrando que a funcionária participou do crime.

Na delegacia, ela confessou que o roubo foi simulado “a mando” de uma pessoa e que já estava aguardando o suposto assaltante que iria pegar o dinheiro como mostram as imagens.

As investigações prosseguem no intuito de identificar o autor que recebeu o dinheiro da funcionária e a pessoa que ligou para ela dizendo que iria mandar um indivíduo buscar o dinheiro. A acusada foi indiciada no crime de furto qualificado e também responderá por comunicação falsa de crime.

Jornal Midiamax