Geral

Filme que entra em cartaz amanhã no país não será exibido pelos cinemas da Capital

Dirigido pelo diretor e roteirista Daniel Ribeiro, o filme “Hoje eu quero voltar sozinho”, entra em cartaz em vários cinemas do país nesta quinta-feira (10). Porém, em Campo Grande (MS) nenhuma das três atuais redes de cinemas exibirá o longa-metragem. Quem aguardava a estreia do filme na Capital se decepcionou com a programação de estreias […]

Arquivo Publicado em 09/04/2014, às 20h57

None

Dirigido pelo diretor e roteirista Daniel Ribeiro, o filme “Hoje eu quero voltar sozinho”, entra em cartaz em vários cinemas do país nesta quinta-feira (10). Porém, em Campo Grande (MS) nenhuma das três atuais redes de cinemas exibirá o longa-metragem.

Quem aguardava a estreia do filme na Capital se decepcionou com a programação de estreias – divulgada na última terça-feira (8), na página oficial do filme, no facebook – que não contemplou a Capital. “Fiquei bem frustrado, pois tinha esperança de assistir o filme com o resto do país, mas estamos fazendo nossa parte”, reclamou o acadêmico de Publicidade e Propaganda Martin D´Estefani Martinelli.

A “parte” a que o estudante se refere é a criação de um evento no facebook chamado, “Queremos ‘Hoje eu quero voltar sozinho’ em Campo Grande”. A ideia é mostrar aos cinemas da cidade, que a Capital tem sim público interessado em assistir ao longa-metragem. “Além disso, queremos levar outras pessoas a conhecê-lo e se juntarem a causa”, argumenta.

O evento foi criado por Martin e seu amigo, Caio Brusamarello, na tarde de hoje (9) e conta com 140 confirmações. “Nosso medo é que o filme seja taxado de “mais um filme GLBTS” e o pessoal torça o nariz, quando a mensagem dele é bem maior que isso”, defende.

Com enredo diferente e uma história universal – a descoberta do primeiro amor –, o filme também aborda características particulares como, a homossexualidade e deficiência física. A ideia do longa é semelhante ao outro filme de Daniel, “Hoje eu não quero voltar sozinho”, curta-metragem, inclusive, premiado no Festival de Berlim.

Cinemas

Questionado anteriormente pelo Midiamax, a rede de cinema Cinemark informou que não pode oferecer nenhuma resposta pela unidade regional da empresa e que a programação do que entra em cartaz é definido pela Central, localizada em São Paulo. A rede UCI disse que o mesmo ocorre em sua programação e afirmou, ainda, que manifestou para a Central da rede interesse pela exibição do filme em Campo Grande. Já os representantes da Administração do Cinépolis não foram localizados.

Jornal Midiamax