Geral

Fifa multa Federação de Futebol do Chile por invasão do Maracanã

A Federação de Futebol do Chile informou hoje (24) que recebeu uma multa da Fifa pela invasão de um grupo de torcedores chilenos ao Centro de Mídia do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (18). O incidente aconteceu antes da partida entre Espanha e Chile, na qual a seleção chilena saiu […]

Arquivo Publicado em 25/06/2014, às 00h33

None

A Federação de Futebol do Chile informou hoje (24) que recebeu uma multa da Fifa pela invasão de um grupo de torcedores chilenos ao Centro de Mídia do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (18). O incidente aconteceu antes da partida entre Espanha e Chile, na qual a seleção chilena saiu vitoriosa por 2 a 0.

Em comunicado, a entidade chilena informou que se trata do segundo incidente envolvendo os compatriotas. O primeiro foi no dia 13 de junho, em Cuiabá, durante a partida entre Chile e Austrália, quando torcedores chilenos dispararam rojões na Arena Pantanal. Na ocasião, a Fifa não chegou a cobrar nenhuma multa.

Preocupada com um terceiro incidente, quando as penalidades poderão ser mais duras, a federação chilena pede à torcida do Chile que não se envolva em nenhum tipo de incidente dentro ou fora dos estádios e que não volte a soltar rojões.

Na invasão do Maracanã, 85 chilenos foram detidos e autuados pelo Artigo 41 B do Estatuto do Torcedor, que considera crime “promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em evento esportivo”. O grupo não poderá voltar ao Brasil até o fim da Copa do Mundo.

O Chile enfrenta o Brasil no próximo sábado (28), no Estádio Mineirão em Belo Horizonte, pelas oitavas de final.

Jornal Midiamax