Geral

Fetems escolhe diretoria na 2ª-feira; duas chapas estão na disputa

Os trabalhadores da educação de Mato Grosso do Sul vão escolher a diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) que vai presidir a federação no triênio 2014/2017, na segunda-feira, 2 de junho. Duas chapas concorrem à eleição: “Movimenta Fetems com Autonomia e Luta”, com o registro de n° 1, […]

Arquivo Publicado em 02/06/2014, às 01h46

None

Os trabalhadores da educação de Mato Grosso do Sul vão escolher a diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) que vai presidir a federação no triênio 2014/2017, na segunda-feira, 2 de junho. Duas chapas concorrem à eleição: “Movimenta Fetems com Autonomia e Luta”, com o registro de n° 1, e “Fetems cada vez mais forte”, com o registro de n° 2. A presidente e o vice-presidente da Chapa 1 são Gleice Jane Barbosa e Gilvano K. Bronzoni. Já o presidente e a vice-presidente da Chapa 2 são Roberto Magno Botareli Cesar e Sueli Veiga Melo.

Assim como estabeleceu o regimento eleitoral das eleições da Fetems, as duas chapas inscritas estão completas, isto é, estão com todos os cargos eletivos ocupados. Sendo eles: presidente, vice-presidente, secretário-geral, secretário-adjunto, secretário de finanças, secretário-adjunto de finanças, secretário de assuntos jurídicos, secretário de formação sindical, secretário de assuntos educacionais, secretários dos funcionários administrativos, secretário de comunicação social, secretário de administração e patrimônio, secretários de políticas municipais, secretários dos aposentados e assuntos previdenciários, secretário de políticas sociais, secretário dos especialistas em educação e coordenação pedagógica, departamento dos trabalhadores em educação em assentamentos rurais, departamento dos trabalhadores em educação antirracismo e departamento da mulher trabalhadora. Além dos nomes que compõem os vice-presidentes regionais.

Processo Eleitoral

As urnas de votação vão estar em todos os municípios do estado, de forma que garanta o voto dos filiados. As urnas vão percorrer as escolas públicas de forma a garantir que todos possam dar seu voto. Inclusive, quem estiver em trânsito poderá votar. De acordo com o regimento eleitoral, os filiados que estiverem na Capital no dia da eleição também poderão votar na sede da Fetems.

O processo de votação se iniciará às 8 horas e se encerrará às 20 horas. Poderão votar todos os filiados que estão em dia com suas obrigações sindicais. No dia da votação é preciso apresentar documento de identificação com foto.

Sigilo

O sigilo do voto será assegurado mediante as seguintes providências: isolamento do eleitor em cabine indevassável para o ato de votar; verificação da autenticidade da cédula única, à vista da rubrica dos membros da mesa coletora e emprego de urna que assegure a individualidade do voto e que seja suficientemente ampla para que não se acumulem as cédulas na ordem em que forem introduzidas. Iniciada a votação, cada eleitor, pela ordem de apresentação à mesa, depois de identificado, assinará a folha de votantes e, após votar na cabine indevassável, dobrará a cédula, depositando-a, em seguida, na urna da mesa coletora. Os eleitores cujos nomes não constarem na lista de votantes, ou estiverem em trânsito, votarão em separado.

Os documentos válidos para a identificação do associado que não consta da folha de votação e/ou em trânsito são: contracheque ou borderô ou recibos expedidos pela Secretaria de Finanças do sindicato, acompanhados de fotocópia de documento pessoal com fotografia, que deverão ser encaminhados à Comissão Eleitoral Central. No ato de votar a mesa solicitará um documento de identificação com fotografia. Assessoria de Comunicação Fetems.

Jornal Midiamax