Geral

Felipão vê torcida paulista como maior influência para vitória na estreia

Luiz Felipe Scolari considerou grande o mérito da torcida brasileira na virada sobre a Croácia, por 3 a 1, no primeiro jogo do Brasil nesta Copa do Mundo. Mesmo depois de sair atrás na Arena Corinthians, as quase 62 mil pessoas que foram ao estádio mantiveram o apoio à Seleção. Pela postura, o treinador fez […]

Arquivo Publicado em 13/06/2014, às 00h43

None

Luiz Felipe Scolari considerou grande o mérito da torcida brasileira na virada sobre a Croácia, por 3 a 1, no primeiro jogo do Brasil nesta Copa do Mundo. Mesmo depois de sair atrás na Arena Corinthians, as quase 62 mil pessoas que foram ao estádio mantiveram o apoio à Seleção. Pela postura, o treinador fez questão de ressaltar o público paulista, mesmo quando questionado se a juventude da equipe pesou emocionalmente.

– Posso dizer que o peso de não ter sentido o gol partiu da torcida. Não assimilamos, mas a torcida fez nosso time se comportar dessa forma. Posso dizer que ontem de manhã até de noite não sai de determinados locais, não fui para meu quarto, fiz um trabalho diferenciado, atletas que poderiam sentir mais o peso de jogar hoje. A gente às vezes acha que é igual com a gente. Fiz um trabalho ontem mais cansativo do que treinamento, acho que ajudou – afirmou.

Se a torcida que acompanhou o Brasil durante a Copa das Confederações foi muito elogiada pelo carinho dado à Seleção, o público paulista chegou a ser visto com desconfiança, diante da pressão e vaias em jogos recentes no Morumbi. A cidade não recebeu o torneio vencido pelo Brasil, em 2013. Qualquer crítica, porém, não é mais válida, segundo Scolari.

– Quem mais influenciou foi o torcedor, maravilhosos. Nunca mais vão falar que São Paulo não ajuda – encerrou.

Jornal Midiamax