Geral

Felipão tenta igualar recorde de ex-treinador italiano em copas

O brasileiro Luis Felipe Scolari persegue um recorde pessoal nesta Copa do Mundo. Ele pode ser o segundo técnico campeão em duas copas – fato só alcançado por um treinador até hoje: o italiano Vittorio Pozzo, que foi bicampeão do mundo em 1934 e 1938. Felipão ganhou a Copa de 2002, não obteve sucesso em […]

Arquivo Publicado em 22/06/2014, às 14h24

None

O brasileiro Luis Felipe Scolari persegue um recorde pessoal nesta Copa do Mundo. Ele pode ser o segundo técnico campeão em duas copas – fato só alcançado por um treinador até hoje: o italiano Vittorio Pozzo, que foi bicampeão do mundo em 1934 e 1938. Felipão ganhou a Copa de 2002, não obteve sucesso em 2006 como técnico de Portugal, mas tem a chance novamente agora. Outro técnico que tinha essa possibilidade era o espanhol Vicente Del Bosque, cujo sonho terminou com a eliminação antecipada da Espanha.


O Brasil foi bicampeão em 1958 e 1962, mas com técnico diferentes. Vicente Feola foi o técnico campeão em 1958, na Suécia, mas uma doença nos rins impediu sua ida ao Mundial do Chile. Foi substituído por Aymoré Moreira, que manteve toda equipe técnica e ganhou o título.


Zagalo foi campeão do mundo como jogador e como treinador. Como jogador ganhou em 1958 e 1962. Como técnico foi campeão em 1970. Ele quase foi alcançado pelo alemão Franz Beckenbauer, campeão como jogador em 1974 e como técnico em 1990. Como jogador, Zagalo ganhou duas vezes e o alemão só uma.


Na Copa atual dois ex-jogadores, campeões do mundo, são treinadores em busca do título: o alemão Juerguen Klinsmann, campeão como jogador em 1990, pela Alemanha, hoje técnico dos Estados Unidos; e o francês Didier Deschamps, campeão como jogador da França, em 1998, e agora treinador da seleção de futebol de seu país.

Jornal Midiamax