Geral

Familiares de idosa atropelada por ônibus dizem que não buscam culpados

A idosa que faleceu na noite desta quarta-feira (16), atropelada por um ônibus na região do Coophatrabalho, foi identificada como Ivete Ferreira dos Santos, de 71 anos. Segundo depoimento de um genro, Ivete morava com seu marido de 77 anos. Ele diz ainda que a morte da idosa foi um susto para os familiares porque […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 15h24

None

A idosa que faleceu na noite desta quarta-feira (16), atropelada por um ônibus na região do Coophatrabalho, foi identificada como Ivete Ferreira dos Santos, de 71 anos.

Segundo depoimento de um genro, Ivete morava com seu marido de 77 anos. Ele diz ainda que a morte da idosa foi um susto para os familiares porque ela estava acostumada a andar de ônibus.

A idosa teria saído de casa para comprar material para fazer ovos de páscoa para seus netos. Ela costumava ir ao centro de carona com seu marido e sempre voltava de ônibus.

Testemunhas informaram que o ônibus estava muito cheio, pois era horário de saída de crianças das escolas. Eles contam ainda que a bolsa da idosa foi fechada para dentro do ônibus e ela acabou caindo entre o pneu do veículo e o meio-fio. O motorista não viu o ocorrido e acabou passando por cima da senhora.

O genro de Ivete diz que a família é Mórmon e, pela doutrina, acredita que a família não irá atrás de culpado e nem do motorista que dirigia o ônibus no momento. Ele diz acreditar que ela está em um bom lugar. “Não vamos correr atrás de um culpado, não queremos a prisão do motorista”.

O enterro será realizado às 15h, no Parque das Palmeiras, próximo à UCDB.

Jornal Midiamax