Geral

Família procura mãe que desembarcou em Campo Grande e está desaparecida desde sexta

A família de Patrícia Staszyk Corsini, de 51 anos, está em busca de informações da bióloga que desembarcou na tarde de sexta-feira (11) em Campo Grande, de um voo vindo de Londrina (PR), com escala em São Paulo. Segundo o boletim de ocorrência registrado pelo ex-marido de Patrícia, o filho do casal comunicou ao pai […]

Arquivo Publicado em 13/04/2014, às 17h51

None
1992509519.jpg

A família de Patrícia Staszyk Corsini, de 51 anos, está em busca de informações da bióloga que desembarcou na tarde de sexta-feira (11) em Campo Grande, de um voo vindo de Londrina (PR), com escala em São Paulo.

Segundo o boletim de ocorrência registrado pelo ex-marido de Patrícia, o filho do casal comunicou ao pai de que a mãe havia chegado, mas estava com o celular desligado e que no último contato feito ela estaria em um aeroporto de São Paulo (SP).

A Infraero confirmou à família que Patrícia desembarcou na Capital às 15h de sexta. O ex-marido então foi até a casa de Patrícia, mas ninguém atendeu a campainha, tocada por diversas vezes.

O carro da vítima estaria na garagem. Ele ainda informou aos policiais que ela não possui nenhuma doença psiquiátrica e que provavelmente não possuiu inimizades declaradas.

Outra filha do casal, que mora em Londrina (PR), postou uma mensagem no Facebook neste domingo (13) à procura da mãe. Quem tiver informações ligue para a polícia 190.


(Colaborou Wendy Tonhati)

Jornal Midiamax