Geral

Exército comemora Retomada de Corumbá e aniversário da Brigada

Autoridades civis e militares participaram na manhã desta quinta-feira, 12 de junho, da solenidade que comemorou o 68º aniversário da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira “Ricardo Franco” e os 147 anos da Retomada de Corumbá, celebrados respectivamente no dia desat quinta e na sexta-feira, 13 de junho. A cerimônia foi realizada no Jardim da […]

Arquivo Publicado em 12/06/2014, às 23h38

None
743884159.jpg

Autoridades civis e militares participaram na manhã desta quinta-feira, 12 de junho, da solenidade que comemorou o 68º aniversário da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira “Ricardo Franco” e os 147 anos da Retomada de Corumbá, celebrados respectivamente no dia desat quinta e na sexta-feira, 13 de junho. A cerimônia foi realizada no Jardim da Independência.

“É um momento de grande emoção constatar que com evolução do conhecimento e de materiais, a Brigada tem oportunidade de desenvolver operações nesta faixa de fronteira em defesa da pátria e visando também a segurança dos grandes eventos, como a Copa do Mundo, que hoje se inicia”, destacou o comandante da 18ª Brigada, general de brigada Pedro Paulo de Mello Braga.

O general ressaltou que a 18ª Brigada mantém uma ação, junto com a Universidade Federal de Mato Grosso, que até agosto irá rememorar os fatos históricos da Retomada de Corumbá ocorrida em 13 de junho de 1867 pelas tropas do Exército Brasileiro liderados pelo então tenente-coronel Antônio Maria Coelho. O comandante da 18ª Brigada salientou que datas históricas devem ser objeto de comemoração.

Presente a cerimônia, o prefeito Paulo Duarte, num breve discurso, afirmou que as datas celebradas na cerimônia são fundamentais para a história corumbaense e a compreensão do legado que deixaram para cidade é essencial para a construção de um futuro desenvolvimentista.

“É um momento de união em torno de um ideal de futuro. De uma união efetiva pelo nosso país; estado e cidade. Que tenhamos a oportunidade de conhecer profundamente a história dessas datas, tão importantes para nós, para que assim possamos melhor entender o presente e construir um futuro com perspectivas positivas”, declarou o chefe do Executivo Municipal.

Durante a cerimônia, o patrono da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, coronel Ricardo Franco de Almeida Serra, foi homenageado com a colocação de uma coroa de flores junto ao seu busto, que permanecia sob a proteção de militares vestidos com um dos primeiros fardamentos do Exército Brasileiro. A homenagem foi prestada por familiares do Patrono da organização militar corumbaense e pelo o general Pedro Paulo de Mello Braga. O prefeito depositou flores na estátua de Antônio Maria Coelho, herói da Retomada.

Histórico da Brigada e da Retomada

A 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira “Ricardo Franco” é a sucessora histórica do Comando Geral da Fronteira Sul da Capitania de Mato Grosso e dos outros comandos que estabeleceram e mantiveram os limites da fronteira Oeste do Brasil. É diretamente subordinada ao Comando Militar do Oeste (CMO). A denominação atual foi definida pelo decreto 92.170, de 18 de dezembro de 1985.

Ela é composta pelo 47º Batalhão de Infantaria (Coxim); 17º Batalhão de Fronteira (Corumbá); 2ª Companhia Fronteira (Porto Murtinho-MS); 3ª Companhia de Fronteira e Forte Coimbra (Corumbá), além da própria Companhia de Comando da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira.

O dia 13 de Junho, marca a expulsão das tropas paraguaias que ocupavam a região de Corumbá, na então província de Mato Grosso, em função da Guerra contra o Paraguai. Os paraguaios eram liderados pelos coronéis Vicente Barrios e Izidoro Resquin.

Em dezembro de 1864, os soldados paraguaios invadiram o Forte Coimbra. Ao chegarem à Vila de Corumbá, não encontraram nenhum tipo de resistência. No início de 1865, foi montada a Força Expedicionária de Mato Grosso, mas somente em 13 de junho de 1867, tropas lideradas por Antônio Maria Coelho retomaram Corumbá para posse do Império Brasileiro.


Jornal Midiamax