Geral

Ex-secretária arrecada na campanha 225 vezes mais que o valor da declaração de bens

Na lista dos dez candidatos que mais arrecadaram nos primeiros meses de campanha, oito têm mandato, sendo seis na disputa pela reeleição, um vereador e um deputado estadual

Arquivo Publicado em 13/09/2014, às 20h39

None
1780674983.jpg

Na lista dos dez candidatos que mais arrecadaram nos primeiros meses de campanha, oito têm mandato, sendo seis na disputa pela reeleição, um vereador e um deputado estadual

A ex-secretária da Seprotur (Secretaria do Estado de Produção e Turismo), Tereza Cristina (PSB), que vai disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados foi quem mais arrecadou até a segunda prestação de contas dos candidatos a deputado federal. O valor da arrecadação é 225 maior que a declaração de bens.


Até o momento, a receita de campanha de Tereza Cristina é de R$ 2.338.858,33. Em compensação sua declaração de bens foi de 10.360,98. Na lista, aparecem quotas em empresas, créditos em cooperativa e uma conta bancária.


O maior doador de campanha foi a empresa Iaco Agrículo S/A que repassou R$ 1 milhão para a candidata. Os candidatos a governador e a senador da sua coligação, “MS Cada Vez Melhor”, Nelsinho Trad e Simone Tebet, respectivamente, repassaram juntos R$ 132.950,00.
As despesas da candidata também ficaram na casa dos sete dígitos. Na declaração de R$ 2.043.870,05, consta doações para candidatos a deputado estadual, gráfica, locação de veículos, prestação de serviços.


Maiores arrecadações


Na lista dos dez candidatos a deputado federal que mais arrecadaram, apenas um dois não têm mandato. Além de Tereza Cristina, Dagoberto Nogueira (PDT), da Coligação “Mato Grosso Do Sul Com A Força De Todos”, aparece em sétimo lugar com arrecadação de Receitas R$ 482.413,68.


Em segundo, está o deputado federal Marçal Filho (PMDB), com R$ 1.208.000,00, seguido pelo colega parlamentar Geraldo Rezende (PMDB), com receita de R$ 1.125.000,00. A sequência de peemedebista é quebrada por Antônio Biffi (PT) que arrecadou R$ 693.935,40.


Aparece ainda Fabio Trad (PMDB) com total de R$ 635.900,00 e o deputado estadual Carlos Marun (PMDB) que recebeu R$ 534.000,00. Os três últimos do levantamento são: deputado federal Vander Loubet (PT), R$ 480.240,00; o vereador, ex-governador Zeca do PT, R$ 429.000,00; e o deputado estadual Márcio Monteiro (PSDB), R$ 325.125,00.

Jornal Midiamax