Geral

Ex-ginasta comete suicídio depois de matar filho paralítico de 15 anos

Ginasta que representou a Alemanha nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, Jurgen Brümmer foi encontrado morto nesta quarta-feira. O ex-atleta teria  suicidado depois de assassinar o filho paralítico de 15 anos, de acordo com a polícia local. O corpo de Brümmer foi encontrado sob o viaduto de Kölschtal, em Stuttgart, após denúncias de um […]

Arquivo Publicado em 27/02/2014, às 13h26

None

Ginasta que representou a Alemanha nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, Jurgen Brümmer foi encontrado morto nesta quarta-feira. O ex-atleta teria  suicidado depois de assassinar o filho paralítico de 15 anos, de acordo com a polícia local.

O corpo de Brümmer foi encontrado sob o viaduto de Kölschtal, em Stuttgart, após denúncias de um veículo abandonado em cima da ponte. O ex-ginasta teria suicidado, atirando-se de uma altura de 55 metros.

Quando foram à casa de Brümmer para notificar a família do ocorrido, os policiais encontraram o corpo de Simon, 15 anos, sobre a cama. O cadáver tinha indícios de afogamento.

Simon era paraplégico desde 2012, quando foi atropelado por uma mulher de 67 anos. De acordo com o jornal alemão, Brümmer – que deixa mulher e um filho de 16 anos – não conseguiu suportar a carga física e emocional da nova condição do garoto.

Jornal Midiamax