Geral

Ex-boxeador anuncia candidatura à presidência da Ucrânia

O boxeador Vitali Klitschko afirmou nesta terça-feira (25) que deve concorrer à presidência da Ucrânia. Um dos principais líderes da oposição no país, o bicampeão mundial dos pesos pesados vai disputar a vaga de Viktor Yanukovich – atualmente em paradeiro desconhecido – afastado do cargo pelo parlamento. Nascido no Quirguistão e naturalizado ucraniano, Vitali passou […]

Arquivo Publicado em 25/02/2014, às 14h13

None
1879523792.jpg

O boxeador Vitali Klitschko afirmou nesta terça-feira (25) que deve concorrer à presidência da Ucrânia. Um dos principais líderes da oposição no país, o bicampeão mundial dos pesos pesados vai disputar a vaga de Viktor Yanukovich – atualmente em paradeiro desconhecido – afastado do cargo pelo parlamento.

Nascido no Quirguistão e naturalizado ucraniano, Vitali passou a conciliar a política com o esporte depois que a Ucrânia viveu, em 2004, a Revolução Laranja, na qual a oposição denunciou fraudes na eleição presidencial.

O pugilista virou conselheiro de Viktor Yushchenko, candidato presidencial que havia sido prejudicado no pleito, mas que acabou tomando posse em 2005.

Esta época coincidiu com uma aposentadoria momentânea do boxe que ele viveu entre 2005 e 2007. Em 2006 Vitali concorreu para prefeito de Kiev e perdeu, mas passou a trabalhar no conselho municipal e depois tornou-se deputado.

Violentos enfrentamentos em Kiev, na semana passada, terminaram com 82 pessoas mortas e cerca de 700 feridas, e culminaram com a queda do então presidente Viktor Yanukovich. (Com agências internacionais)

Jornal Midiamax