Geral

Esteticistas e cosmetólogos vão à Câmara pedir cumprimento de legislação do setor

Oitenta acadêmicos do curso de esteticista e cosmetólogo da Anhanguera Uniderp estão, nesta terça-feira, no plenário da Câmara Municipal de Campo Grande. Eles foram pedir aos vereadores o cumprimento efetivo da lei que determina a presença de profissionais qualificados em estabelecimentos do setor. Segundo o cabeleireiro e acadêmico Roberto Marques, 47 anos, a lei que trata […]

Arquivo Publicado em 12/08/2014, às 14h21

None

Oitenta acadêmicos do curso de esteticista e cosmetólogo da Anhanguera Uniderp estão, nesta terça-feira, no plenário da Câmara Municipal de Campo Grande. Eles foram pedir aos vereadores o cumprimento efetivo da lei que determina a presença de profissionais qualificados em estabelecimentos do setor.

Segundo o cabeleireiro e acadêmico Roberto Marques, 47 anos, a lei que trata do assunto está “solta”, sem cumprimento. A legislação é a 7.277, de 2012, estabelecendo que todo estabelecimento comercial de estética tenha um esteticista profissional.

Recentemente, o Midiamax revelou que entidades do setor brigam para saber quem, oficialmente, representa a categoria. A disputa envolveria o Sindprocab (Sindicato dos Proprietários de Salões de Barbeiros e Cabeleireiros Autônomos, Institutos de Beleza para Senhoras e Similares) e a Apecsul (Associação de Esteticistas e Cosmetólogos de MS).



Jornal Midiamax