Geral

Envolvido em assassinato de empresário se diz inocente, mas pede perdão

“Quero pedir perdão à minha família, à família dele (Erlon) e aos meus amigos”, quando questionado porque pedia perdão, Thiago Henrique Ribeiro, de 21 anos disse que era pelo “rolo em que acabei me metendo”, alegando a todo momento que era inocente no caso do assassinato do empresário Erlon Peterson Pereira Bernal. Thiago chegou a […]

Arquivo Publicado em 09/04/2014, às 16h02

None

“Quero pedir perdão à minha família, à família dele (Erlon) e aos meus amigos”, quando questionado porque pedia perdão, Thiago Henrique Ribeiro, de 21 anos disse que era pelo “rolo em que acabei me metendo”, alegando a todo momento que era inocente no caso do assassinato do empresário Erlon Peterson Pereira Bernal.

Thiago chegou a derramar algumas lágrimas e a todo momento ressaltava que não tinha participação no caso.

Quem se mostrava mais irritado na apresentação desta quarta-feira (9) era Jeferson dos Santos Souza, de21 anos. “Vocês podem me filmar mas eu não tenho nada a declarar.Estão me fazendo pagar por uma coisa que não fiz.Vocês já perguntaram demais e não vou falar mais nada”, afirmou,fazendo questão de encarar os inúmeros jornalistas que estavam na sala da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos-Defurv.

Por seu turno, a delegada Maria de Lourdes Souza Cano,afirmou que até terça-feira já estará concluindo o inquérito. “Vamos detalhar a participação de cada um neste crime e certamente localizar a arma.Na terça-feira encerro o inquérito e posteriormente estaremos fazendo a reconstituição para tirar todas as dúvidas”, afirmou.

Jornal Midiamax