Geral

Enquanto uns aproveitam o final do horário de verão, outros lamentam dias mais curtos

À meia-noite deste sábado termina o horário de verão, isso significa que os brasileiros das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul precisarão atrasar seus relógios em uma hora.

Arquivo Publicado em 15/02/2014, às 22h00

None
1711615440.jpg

À meia-noite deste sábado termina o horário de verão, isso significa que os brasileiros das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul precisarão atrasar seus relógios em uma hora.

À meia-noite deste sábado termina o horário de verão, isso significa que os brasileiros das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul precisarão atrasar seus relógios em uma hora. Em Campo Grande, a população aproveita o último dia com uma hora a mais de sol, mas desejam a volta do horário regular.

No bairro Parati a máxima é: prefiro o outro horário! Essa é a opinião de José Maria da Silva, de 64 anos. Há sete, com uma barraca que vende salgados e garapa no local, ele diz que prefere a rotina que virá a partir de amanhã. “A gente descansa mais, parece que tem mais tempo pra dormir. Já no horário de verão é mais trabalho, né?”, diz.

A opinião é a mesma entre as amigas Camila Corado, 24 anos; Gislene Hazine, 24 anos; e Simone Cougo, de 26. De acordo com as três, o horário regular é melhor, pois já está claro quando acordam e é melhor para trabalhar e estudar. Camila ressaltou que a única vantagem que o horário de verão tem para ela é que o movimento do comércio é melhor. “Como tenho uma loja de roupas, o horário de verão é positivo, pois o movimento do comércio vai até mais tarde”, salienta.

Contrários

Mas não são todos que aprovam a mudança. De acordo com o funcionário público Osdinei Fernandes Santana, 43 anos, que estava aproveitando a tarde de sol para tomar tereré, anoitecer mais cedo faz o dia ficar mais curto. “Neste horário parece que o dia rende mais”, comenta.Com ele estava o estudante Renan Veríssimo, de 18 anos, que concorda: “Do jeito que está é muito melhor”.

Para algumas crianças que jogavam bola em uma praça local, a vontade também era que o dia permanecesse como está. “Tem mais tempo pra brincar”, disseram.

No Lago do Amor, várias pessoas também descansavam no meio da tarde deste sábado. O casal Jean Souza, 44 anos e Márcia Cristina, 43, estavam por lá e comentaram ser indiferentes à mudança.

Economia

O horário de verão foi criado em 1931 e desde 2008 se inicia no terceiro domingo de outubro e segue até o terceiro domingo de fevereiro.

De acordo com nota do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a economia financeira acarretada no período de outubro de 2013 e fevereiro de 2014 foi de R$405 milhões. No Mato Grosso do Sul, a redução da demanda de energia foi de 4,2%.

Jornal Midiamax