Geral

Empresária se diz prejudicada por ônibus que estaciona em frente de sua loja na Capital

Empresária dona de loja de autopeças na Avenida Costa e Silva em frente do Terminal Morenão se diz prejudicada com ônibus que têm estacionado na frente da loja. A comerciante, que não quis ser identificada, garante que os ônibus têm causado transtornos há dois meses. “Os ônibus param lá e deixam a fachada da loja […]

Arquivo Publicado em 02/10/2014, às 17h45

None
179698664.jpg

Empresária dona de loja de autopeças na Avenida Costa e Silva em frente do Terminal Morenão se diz prejudicada com ônibus que têm estacionado na frente da loja. A comerciante, que não quis ser identificada, garante que os ônibus têm causado transtornos há dois meses.

“Os ônibus param lá e deixam a fachada da loja oculta, o que atrapalha o fluxo de clientes e tem prejudicado as vendas”, garante a empresária. Ela se diz indignada pelo fato de haver estacionamento para os ônibus no Terminal, que fica a poucos metros da loja.

“Fora isso, aumenta a probabilidade de acidente. Em minha loja circulam caminhões e ônibus para manutenção no pátio, é perigoso”, aponta.

A empresária afirma que já registrou reclamação na Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) diversas vezes. “Os fiscais vem e dizem que é permitido, que a metragem está correta”, conta.

Sem resposta

A reportagem contatou há dois dias a Agetran, o Consórcio Guaicurus e a Assetur e não obteve resposta.

Estacionadas problemáticas

As estacionadas dos ônibus coletivos de Campo Grande têm de fato causado transtornos à população. Moradores do Arnaldo Estevão Figueiredo procuraram a equipe de reportagem para relatar que ônibus estacionava em frente de garagem diariamente há 18 anos. Após o Jornal Midiamax publicar a denúncia, o veículo parou de estacionar na garagem.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax