Em pronunciamento sobre morte de Campos, Dilma diz que Brasil está de Luto

A presidente Dilma Rousseff fez, nesta tarde, um pronunciamento sobre a morte de Eduardo Campos. “Era uma referência para mim. Eu convivi com ele como ministra do presidente Lula, mas também nas campanhas de 2006 e 2010”, disse ela. “O Brasil perdeu uma jovem liderança; um homem que poderia galgar os mais altos postos da […]
| 13/08/2014
- 23:52
Em pronunciamento sobre morte de Campos, Dilma diz que Brasil está de Luto

A presidente Dilma Rousseff fez, nesta tarde, um pronunciamento sobre a morte de Eduardo Campos. “Era uma referência para mim. Eu convivi com ele como ministra do presidente Lula, mas também nas campanhas de 2006 e 2010”, disse ela. “O Brasil perdeu uma jovem liderança; um homem que poderia galgar os mais altos postos da República”.

A presidente afirmou ainda que “o Brasil inteiro está de luto”. Ela lembrou do último encontro entre ambos, no funeral de Ariano Suassuna. “A quem fui apresentado por Dona Renata”, referindo-se a Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, e sobrinha de Ariano.

“Eu gostaria de dar os mais profundos pêsames a Ana Arraes, Renata e a toda a sua família, que era uma grande família”.

“Fomos afetados pela fragilidade da vida, mas também pela força do exemplo das pessoas”, disse a presidente Dilma, com a voz embargada, ao anunciar o luto oficial de três dias. “O Brasil vai agora prantear este grande brasileiro que morreu no dia de hoje”.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias