Geral

Em nota, Delcídio diz que notícias ‘querem confundir’ e nega participação em compra da Petrobras

Em nota oficial emitida nesta segunda-feira (24) o senador Delcídio do Amaral (PT) nega envolvimento em compra de refinaria. Confira a nota na íntegra abaixo: “Com a proximidade do período eleitoral e o claro objetivo de confundir a opinião pública, surgiram nos últimos dias matérias totalmente distorcidas e que, de forma insidiosa, pretendem associar meu […]

Arquivo Publicado em 24/03/2014, às 20h37

None

Em nota oficial emitida nesta segunda-feira (24) o senador Delcídio do Amaral (PT) nega envolvimento em compra de refinaria. Confira a nota na íntegra abaixo:

“Com a proximidade do período eleitoral e o claro objetivo de confundir a opinião pública, surgiram nos últimos dias matérias totalmente distorcidas e que, de forma insidiosa, pretendem associar meu nome a fatos aos quais não possuo qualquer vinculação ou responsabilidade, e que, só por má-fé e oportunismo político-eleitoral, estão sendo veiculadas em alguns órgãos da imprensa sul-mato-grossense. Por esse motivo, venho a público esclarecer o seguinte:

1. Tomei posse como Senador da República em fevereiro de 2003, mandato que exerço ininterruptamente até à presente data. Portanto, em 2006, não ocupava qualquer cargo na Petrobras;

2. Não possuo qualquer participação ou sequer conhecimento do processo de aquisição da refinaria de Pasadena pela Petrobras;

3. Embora tenha trabalhado com boa parte dos atuais dirigentes da Petrobras, nunca indiquei qualquer pessoa para ocupar cargos de direção na empresa;

4. Em relação ao projeto de implantação das termelétricas, ao contrário do que afirmam essas matérias, a área de Gás e Energia, que tive a honra de dirigir na Petrobras , apresentou, desde então, um lucro líquido de R$ 3,69 bilhões;

5. Em função da gravidade dos ataques de que estou sendo vítima, determinei que sejam adotadas todas as medidas jurídicas para processar, nas esferas cível e criminal, os responsáveis por sua autoria e veiculação.

Por último: a mentira foi sempre a arma dos fracos, dos que temem o veredicto do povo e não hesitam em adulterar e manipular os fatos à sua conveniência, numa tentativa desesperada de alterar a realidade.

Campo Grande, 24 de Março de 2014

Delcídio do Amaral

Senador”

Jornal Midiamax