Geral

Em menos de um mês, duplicam denúncias de irregularidades eleitorais em Campo Grande

No ar desde o dia 7 de julho deste ano, o Web Denúncia do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) registrou até esta segunda-feira (15) 206 infrações eleitorais. No último dia 21 de agosto, 71 registros de irregularidades foram feitos somente em Campo Grande. Agora, as denúncias somam 140. A maior parte […]

Arquivo Publicado em 15/09/2014, às 18h00

None

No ar desde o dia 7 de julho deste ano, o Web Denúncia do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) registrou até esta segunda-feira (15) 206 infrações eleitorais. No último dia 21 de agosto, 71 registros de irregularidades foram feitos somente em Campo Grande. Agora, as denúncias somam 140.


A maior parte delas, 53, é de propaganda eleitoral por mensagens eletrônicas e telemarketing em todo o Estado.


Outras 30 denúncias são de compra de voto, arrecadação ou gastos ilícitos na campanha ou condutas proibidas aos agentes públicos e 28 registraram denúncia de propaganda por meio de fixação de placas, faixas, cartazes, outdoors, pinturas ou inscrições em bens particulares, público, de uso comum e fachadas das sedes de partidos, coligações e comitês de candidatos.


Colocação de cavaletes, bonecos, cartazes, faixas, bandeiras e mesas para distribuição de material de campanha nas vias públicas somam 45 denúncias.


Com treze denúncias aparecem as reuniões políticas, 10 denúncias aparecem como a propaganda intrapartidária e distribuição de material gráfico; duas denúncias de carreatas, passeatas ou caminhadas e uma de comício.


Campo Grande lidera a lista de denúncias com 140 registros. Outras 15 denúncias são de Corumbá, 8 de Sidrolândia, 13 de Dourados e quatro de Nova Andradina.


Quem quiser denunciar alguma irregularidade à Justiça eleitoral pode fazer o cadastro da denúncia neste link.

Jornal Midiamax