Geral

Em jogo de 2h30, Inter bate Juventude e segue invicto no Gaúcho

O Inter deu sequência, na noite desta terça-feira, ao excelente início na temporada 2014 do Campeonato Gaúcho. No Estádio do Vale, a equipe colorada bateu o Juventude por 2 a 1 em jogo válido pela nona rodada que durou mais de 2 horas e 30 minutos graças a um apagão do sistema de iluminação e […]

Arquivo Publicado em 19/02/2014, às 01h15

None

O Inter deu sequência, na noite desta terça-feira, ao excelente início na temporada 2014 do Campeonato Gaúcho. No Estádio do Vale, a equipe colorada bateu o Juventude por 2 a 1 em jogo válido pela nona rodada que durou mais de 2 horas e 30 minutos graças a um apagão do sistema de iluminação e manteve a invencibilidade no torneio estadual.

A partida desta terça foi marcada pela longa falta de luz no Estádio do Vale, onde o Inter mandou a partida mesmo após ter reinaugurado o Beira-Rio no último sábado. Aos 20min da etapa inicial, todos os geradores tiveram falhas e os refletores se apagaram. O confronto só foi reiniciado, com o sistema de iluminação religado, 45 minutos mais tarde – marcado para às 21h (de Brasília), o jogo só acabou às 23h35. .

Com 25 pontos, o Inter é o líder absoluto do Grupo A, com oito vitórias e um empate – contra o rival Grêmio – em nove partidas realizadas. Já o Juventude é o sexto colocado da mesma chave, com nove pontos. Na próxima rodada, a equipe colorada visita o Lajeadense no domingo, às 16h. No dia anterior, no mesmo horário, o clube de Caxias do Sul recebe o São José.

Nesta noite de terça, o Inter começou a partida bem e teve três chances nos 20 primeiros minutos de jogo, até o apagão esfriar a equipe. Doze minutos depois do retorno da energia elétrica, o time de Abel Braga abriu o placar com Rafael Moura, que tocou na saída do goleiro adversário após lançamento de Otávio.

Além do apagão, o primeiro tempo ainda foi marcado por uma confusão no gramado. Aos 37min, o colorado Fabrício e Diogo, do Juventude, se desentenderam e foram expulsos – o lateral do Inter saiu de campo revoltado, pois o jogador adversário simulou uma agressão séria após levar um leve tapa.

Com as duas equipes com dez jogadores em campo, o Inter tratou de resolver a partida com poucos minutos do segundo tempo. Logo aos 6min, o chileno Charles Aránguiz cobrou falta com maestria para aumentar a vantagem colorada, que praticamente garantiu a vitória do time de Abel. O Juventude ainda diminuiu com gol de Zulu aos 36min, mas não conseguiu chegar ao empate.

Jornal Midiamax