Geral

“Ela não tinha redenção”, diz Fernanda Machado sobre morte de Leila

Nos capítulos de “Amor à Vida” que vão ao ar na próxima semana, possuída por um ataque a fúria, Leila acaba morrendo queimada na mansão de Nicole (Marina Ruy Barbosa). Em conversa Fernanda Machado, intérprete da vilã, contou que chegou a duvidar se o final escrito por Walcyr Carrasco era mesmo o melhor. “Eu achava […]

Arquivo Publicado em 09/01/2014, às 13h36

None
1423823297.jpg

Nos capítulos de “Amor à Vida” que vão ao ar na próxima semana, possuída por um ataque a fúria, Leila acaba morrendo queimada na mansão de Nicole (Marina Ruy Barbosa). Em conversa Fernanda Machado, intérprete da vilã, contou que chegou a duvidar se o final escrito por Walcyr Carrasco era mesmo o melhor.


“Eu achava que a Leila tinha que terminar limpando banheiro de rodoviária. Seria o pior castigo, mas depois gravando a cena percebi que ela não tinha redenção, não tinha perdão para os atos dela”, opinou a atriz. Para ela, o final de Leila foi “bombástico”. “Foi um sequência pesada, densa, com a Leila maluca, psicopata mesmo”, adiantou a atriz que chegou a ficar rouca.


Na sequência, Leila invade a mansão para resgatar as joias de Nicole e acaba encontrando Natasha (Sophia Abrahão) que a impede. Com raiva, ela atira fogo na casa. “Leila morre pela ambição e pela inconsequência que sempre foram características dela. Ela morre agarrada às joias. Achei bem simbólico”, contou Fernanda.


Segundo a atriz, foram necessários cinco dias para que tudo ficasse perfeito. A super produção contou com equipe de bombeiros e dublês. O cenário foi tudo reproduzido em um barracão com pé direito alto, por causa da fumaça. “Fiz tudo o que eu podia, cheguei bem perto do fogo, mas precisei da dublê na cena onde a Leila é tomada pelas chamas”, explicou.


Fernanda disse ainda que fez questão de assistir até o último minuto da gravação para se despedir da Leila: “A dublê estava usando o mesmo sapato e jaqueta que usei durante toda a novela. Quando acabou estava tudo queimado, foi meu momento desapego da Leila”.


Indagada se há chances de Leila e Nicole se encontraram no além, Fernanda deu risadas: “Acho pouco provável, realmente não sei”. Para ela, a vilã foi sua personagem mais intensa e carismática. “Ouvi muito elogios nas ruas, Leila foi muito rica de conflitos, com muitas nuances. Foi louca, divertida, muito enriquecedora”.


Sem previsão de retorno à televisão, Fernanda se prepara agora para estrear no cinema em março no longa “Confia em Mim”, onde atua ao lado de Mateus Solano. No segundo semestre, ela rodará um filme em Los Angeles.

Jornal Midiamax