Geral

Eduardo Campos e Marina Silva vêm à Capital em setembro para impulsionar campanha

O presidenciável Eduardo Campos (PSB) e a candidata à vice, Marina Silva (PSB-Rede) devem vir a Campo Grande no fim deste mês ou no início de setembro para impulsionar a campanha no Estado. A afirmação foi feita pelo presidente estadual do PSB, Murilo Zauith, nesta quarta-feira (6), ao receber o coordenador da região Centro-Oeste da […]

Arquivo Publicado em 06/08/2014, às 21h20

None
1741077212.jpg

O presidenciável Eduardo Campos (PSB) e a candidata à vice, Marina Silva (PSB-Rede) devem vir a Campo Grande no fim deste mês ou no início de setembro para impulsionar a campanha no Estado. A afirmação foi feita pelo presidente estadual do PSB, Murilo Zauith, nesta quarta-feira (6), ao receber o coordenador da região Centro-Oeste da campanha, Alexandre Navarro.

Segundo Zauith, os candidatos à presidência devem passar pela Capital e Dourados, e gravam para o programa gratuito eleitoral de rádio e TV. O candidato a governo do Estado, Nelsinho da Trad (PMDB), partido que encabeça a coligação, disse que disponibilizou três datas possíveis para a vinda de Campos e Marina para o Estado, e que a dificuldade está em conciliar as agendas da campanha.

Murilo disse ainda que a legenda aguarda o início do horário gratuito eleitoral para a vinda de Campos ao Estado. “Para torná-lo mais conhecido aqui”, explicou Zauith.

Murilo destacou que todo o material da campanha feita pelo PMDB está com a divulgação do nome do presidenciável, exceto os partidos que têm seus candidatos à presidente, como o PSC e o PRTB.

“O PMDB está fechado com o Eduardo Campos”, afirmou o presidente estadual da legenda. Questionado se o PSB de Mato Grosso do Sul, também estaria fechado com o candidato peemedebista, Murilo disparou: “Já está abraçado”.

Na última sexta-feira (1º), o ex-deputado estadual Sérgio Assis (PSB) desistiu da candidatura e afirmou que 90% da legenda apoiariam o candidato petista Delcídio do Amaral.

Jornal Midiamax