Geral

Dupla assalta posto de combustíveis e ameaça frentista

Dois homens assaltaram um posto de combustíveis ontem (26) localizado no centro de Brasilândia – a 399 quilômetros de Campo Grande. Segundo boletim de ocorrências registrado na delegacia de Polícia Civil da cidade, o crime ocorreu por volta das 23 horas, quando a dupla chegou no local,  um dos ladrões estava armado, e abordou o […]

Arquivo Publicado em 27/02/2014, às 15h46

None

Dois homens assaltaram um posto de combustíveis ontem (26) localizado no centro de Brasilândia – a 399 quilômetros de Campo Grande. Segundo boletim de ocorrências registrado na delegacia de Polícia Civil da cidade, o crime ocorreu por volta das 23 horas, quando a dupla chegou no local,  um dos ladrões estava armado, e abordou o frentista Jair Pavan, de 51 anos, anunciando o assalto.

Conforme consta no registro de ocorrência da Polícia Militar, que primeiro atendeu o caso, a guarnição foi acionada por volta das 23h15 e compareceu no Auto Posto Marajá, na Rua Santa Maria, onde Jair aguardava a presença dos policiais militares junto com o vigilante noturno de nome João.

De acordo com relato da vítima, dois desconhecidos, que estavam encapuzados, chegaram ao local e já anunciaram o assalto. Um deles estava de arma em punho e de modo ameaçador renderam Jair. Em seguida, um deles foi até onde estava o caixa do posto e retirou certa quantia em dinheiro que estava na gaveta. Depois, danificaram a fiação telefônica para que não tivesse chance de uma comunicação rápida com a PM e tiraram do bolso da vítima um telefone celular.

Feito isso, a dupla fugiu do local, tomando rumo ignorado. Antes, ameaçaram matar o frentista caso olhasse para que direção eles estivessem se dirigindo.

Depois de certo tempo, Jair percebeu que a dupla já não mais se encontrava no local e deixou o posto indo para a praça próxima a fim de pedir emprestado um telefone para comunicar a polícia. O vigilante João estava nas proximidades e atendeu ao pedido.

A guarnição PM realizou diligências e recebeu informação de pessoas que estavam próximo do colégio Adilson Alves de que dois suspeitos haviam passado há alguns minutos pela região correndo muito. Ninguém, no entanto, conseguiu precisar o itinerário que a dupla tomou.

Em frente de uma loja, os PMs encontraram uma camiseta de cor verde e na calçada do clube das Acácias, uma camisa de manga longa de cor azul da empresa Breda e um boné claro. Indumentárias que, possivelmente, podem ter sido usadas quando do cometimento do crime. As cenas foram gravadas e podem ajudar a polícia a identificar os ladrões.

Jornal Midiamax