O pré-candidato Nelson Trad Filho (PMDB), que hoje faz críticas a presidente Dilma Rousseff (PT), já foi protagonistas várias declarações a favor dela.

Em 2010, quando prefeito de Campo Grande, Nelsinho dizia apoiar a eleição de Dilma. Ainda assim, na Capital sul-mato-grossense José Serra (PSDB) obteve mais votos que a candidata do PT.

Petistas dizem que Nelsinho apenas fingiu apoiar a presidente.

Agora, o pré-candidato diz apoiar a eleição de Eduardo Campos (PSB).

Confira 10 declarações de Nelsinho sobre a presidente Dilma:

“Não vou contra [a candidatura de Dilma] em função da minha lealdade àqueles que estão me ajudando” – 26/01/2010 – fonte: Correio do Estado

“Quem tem a responsabilidade de uma administração e é ajudado, como está sendo por este governo, vai ser difícil ficar contra” – 26/1/2010 – fonte: Correio do Estado

“Eu nunca deixei de pedir votos para Dilma. Em nenhuma reunião que eu estive deixei da fazer isso” – 9/10/2010 – fonte: Midiamax

“Dilma vai vencer” – 13/10/2010 – Fonte: Agência Estado

“Existe um trabalho que deve ser mantido para o crescimento das cidades. Seria um retrocesso muito grande uma mudança neste momento” – 1º/11/2010 – fonte: Correio do Estado

“Eu tenho crédito porque a minha candidata [Dilma] ganhou” – 22/12/2010 – fonte: Midiamax

“Eu conversei com a presidenta. Ela bateu no meu ombro e disse que não vai se esquecer de mim. Ela disse que sabe o que eu fiz” – 22/12/2010 – fonte: Midiamax

“Já tenho definido que não vou apoiar a Dilma” – 9/5/2014 – fonte: Midiamax

“A Dilma não deu bola para os municípios. Foi um retrocesso e nós sentimos na pele aqui em Campo Grande. Já deu o que tinha que dar e temos que experimentar um novo modelo para o Brasil. Vou defender o palanque do Eduardo Campos dentro do PMDB” – 13/5/2014 – Fonte: Facebook

“Não vou apoiar a Dilma porque me decepcionei com a sua maneira de administrar, com excesso de burocracia, de aparelhamento da máquina pública e falta de recursos para os municípios” – 19/5/2014 – Fonte: Rádio Cultura AM 680.