Geral

Devotos se reúnem em chegada da imagem oficial da Padroeira do Brasil

Centenas de fiéis se reuniram na manhã desta quarta-feira (1º) para acompanhar a chegada da imagem oficial de Nossa Senhora Aparecida. Ao ver a imagem da Santa sorrindo, os devotos se emocionaram e lembraram os milagres concebidos por meio da fé. O dentista Aristides Livorati, de 64 anos, passou por cinco cirurgias para a retirada de […]

Arquivo Publicado em 01/10/2014, às 12h22

None
1752953897.jpg

Centenas de fiéis se reuniram na manhã desta quarta-feira (1º) para acompanhar a chegada da imagem oficial de Nossa Senhora Aparecida. Ao ver a imagem da Santa sorrindo, os devotos se emocionaram e lembraram os milagres concebidos por meio da fé.

O dentista Aristides Livorati, de 64 anos, passou por cinco cirurgias para a retirada de um tumor. Ele disse que só conseguiu a cura por intermédio da santa. “Não teria me curado se ela não interviesse por mim”, afirmou.

A servidora pública, Maria Inês Azambuja, de 58 anos, também não perdeu a oportunidade de acompanhar de perto a chegada da Padroeira. “Recebi muitas bênçãos na minha saúde e na saúde dos meus familiares. A santa representa amor, tenho uma imagem no meu quarto” contou.

A pedagoga Maria de Fátima Ferreira, de 64 anos, diz acreditar que Campo Grande foi presenteada com a presença da imagem oficial da Santa. “Visito o Santuário desde os meus 18 anos e ela me trouxe muitas bênçãos no trabalho e na saúde. É uma imagem oficial e isso é muito importante para todos os devotos”, ressaltou.

A imagem foi trazida da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP) e ficará na Capital até o dia 12 para as comemorações da Semana de Festa da Padroeira. Neste período, a imagem será levada em várias igrejas da Capital.

Para o padre Márcio dos Reis, responsável pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida da Capital, a Padroeira promove presença materna. “Quando penso na Santa reflito sobre a minha vocação. Cresci vendo minha mãe rezando para Nossa Senhora Aparecida. Ela me transmite paz e faz com que eu me sinta como filho”, declarou.

O padre Luciano Scampini, tem 50 anos de celibato e garante: “A Santa não vem de mãos vazias. Ela vem a trabalho, intercedendo por todos os fiéis”, assegurou.

Diz a história que a imagem foi encontrada por pescadores em Guaratingueta (SP). Eles lançaram a rede e encontraram a cabeça da Santa e em seguida conseguiram achar o corpo. Depois disso os homens pescaram muitos peixes. Este seria o primeiro milagre registrado no país.

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida em Campo Grande, fica na Avenida Tamandaré, nº 612 na Vila Planalto. Os telefones para contato são: 3317-4968 e 3317-4969.

Jornal Midiamax