Geral

Dérbi grego tem garrafada em treinador, sinalizador e até desmaio em campo

“O dérbi dos eternos inimigos” ou “A mãe de todas as batalhas”, esses são os apelidos que o confronto entre Olympiacos e Panathinaikos recebeu ao longo da história. Mas as referências não ficaram no passado e o duelos entre as equipes gregas segue sendo sinônimo de confusões dentro e fora dos campos. No último domingo, […]

Arquivo Publicado em 04/03/2014, às 01h17

None

“O dérbi dos eternos inimigos” ou “A mãe de todas as batalhas”, esses são os apelidos que o confronto entre Olympiacos e Panathinaikos recebeu ao longo da história. Mas as referências não ficaram no passado e o duelos entre as equipes gregas segue sendo sinônimo de confusões dentro e fora dos campos. No último domingo, o embate teve praticamente de tudo, sinalizadores atingindo atletas, técnico levando garrafada no rosto e até um desmaio no gramado.

A partida terminou com vitória do Panathinaikos por 3 a 0, mesmo na casa do rival, com os três gols sendo anotados da segunda etapa, porém, ainda durante o primeiro tempo, o nigeriano Michael Olaitan sofreu um desmaio em campo, gerando preocupação dos jogadores de ambos os lados. O jogador de 21 anos de idade foi levado ao hospital, onde conseguiu se recuperar.

Mas foi após o intervalo que o clima esquentou de vez. Irritados com o placar que já era favorável aos visitantes, torcedores do Olympiacos começaram a lançar objetos no gramado, desde sinalizadores até uma garrafa de refrigerante. Um sinalizador atingiu o atacante Marcus Berg, enquanto a garrafa foi direto no rosto do técnico Yannis Anastasiou, que foi imediatamente ao chão com a pancada inesperada.

Além do ‘baile’ que levou em casa, o Olympiacos teve quebrada uma série de 26 jogos sem perder no Campeonato Grego. Apesar do placar, a distância entre as equipes na competição segue enorme. Os alvirrubros lideram com 74 pontos, enquanto os alviverdes ocupam o quarto lugar, com 50.

Jornal Midiamax