Geral

Deputada diz que Olarte é ágil e sabe agregar aliados

A deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB), terceira vice-presidente da Assembleia Legislativa, recebeu hoje em seu gabinete a visita do prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), empossado na última quinta-feira (13). Eles trocaram impressões a respeito dos primeiros dias de seu mandato e ações empreendidas após cinco dias de administração. Olarte foi empossado após a […]

Arquivo Publicado em 18/03/2014, às 21h03

None
1899572228.JPG

A deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB), terceira vice-presidente da Assembleia Legislativa, recebeu hoje em seu gabinete a visita do prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), empossado na última quinta-feira (13). Eles trocaram impressões a respeito dos primeiros dias de seu mandato e ações empreendidas após cinco dias de administração.

Olarte foi empossado após a cassação do então prefeito Alcides Bernal (PP), que deixou o cargo por irregularidades em contratos emergenciais.

Em poucos dias, o novo prefeito conseguiu empossar quase todo o seu secretariado, apaziguar os ânimos na Câmara de Vereadores e tomar medidas administrativas importantes, como a visita a Brasília, para acompanhar projetos e recursos travados, a conversa institucional com o governador André Puccinelli (PMDB) e a ordem para limpeza e operação tapa-buracos na cidade.

“O Olarte começou bem sua administração, construindo um governo de coalizão, não apenas acomodando aliados politicamente, mas nomeando pessoas pela sua capacidade técnica”, afirmou Mara Caseiro, ressaltando que o novo prefeito também dispõe de boa habilidade política, uma vez que tem conseguido agregar diversos partidos em torno da administração da Capital.

O PTdoB está contemplado com espaços importantes no governo Gilmar Olarte. Nesse sentido, Mara Caseiro afirmou que o partido está à disposição para colaborar no que for necessário para que Campo Grande “volte aos trilhos”.

Depois da reunião com a deputada, Gilmar Olarte visitou o plenário da Assembleia Legislativa e afirmou que, desde os primeiros momentos de sua administração, está buscando agregar as mais diversas forças políticas dentro de um mesmo propósito, que é resgatar Campo Grande.

“Desde o primeiro momento como prefeito estamos buscando coalizão política, em benefício de Campo Grande. Precisamos desse apoio para consertar o que está errado e providenciar o que não foi providenciado”, destacou.

Jornal Midiamax