Geral

Decisivo, Robben nega vingança contra Espanha e cita orgulho

Uma das estrelas da Holanda no surpreendente massacre sobre a Espanha no final da tarde desta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, Robben mostrou humildade em entrevista depois da goleada por 5 a 1, que deixou os comandados de Louis Van Gaal como prováveis líderes ao final da primeira rodada do Grupo B da Copa do […]

Arquivo Publicado em 13/06/2014, às 22h03

None

Uma das estrelas da Holanda no surpreendente massacre sobre a Espanha no final da tarde desta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, Robben mostrou humildade em entrevista depois da goleada por 5 a 1, que deixou os comandados de Louis Van Gaal como prováveis líderes ao final da primeira rodada do Grupo B da Copa do Mundo.

Apontado como um dos responsáveis pelo vice-campeonato mundial em 2010, quando perdeu um gol cara a cara com Casillas na prorrogação, o meia-atacante minimizou a vitória sobre os espanhóis, depois do confronto ser apontado como uma possível revanche da final da Copa do Mundo da África do Sul.

“Eu sou realista. Não é uma vingança. Essa é só a fase de grupos. Estou muito orgulhoso do meu time. É só o começo, temos que ficar tranquilos. Eu não quero falar sobre o quão longe nós podemos ir, quero jogar jogo a jogo. Continuamos trabalhando duro. Estou muito orgulhoso, nosso time é muito jovem. Foi um grande jogo”, declarou o holandês em entrevista ao Sportv.

O jogador do Bayern de Munique foi decisivo ao marcar o gol da virada e e fechar a goleada depois de uma arrancada impressionante. Ele, Van Persie e Neymar estão empatados na artilharia da competição.

A Holanda retorna a campo na próxima quarta-feira, dia 18, quando enfrenta no Estádio Beira-Rio a Austrália.

Jornal Midiamax