Geral

Cruzeiro usa cabeça e goleia em estreia na Copa do Brasil

Lembrando na Série A do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro não poderia decepcionar diante de um time que não está sequer na Série D. E de fato o time mineiro mostrou toda sua superioridade em campo contra o Santa Rita: com a maioria dos gols feitos de cabeça, estreou na Copa do Brasil com goleada por […]

Arquivo Publicado em 28/08/2014, às 00h55

None

Lembrando na Série A do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro não poderia decepcionar diante de um time que não está sequer na Série D. E de fato o time mineiro mostrou toda sua superioridade em campo contra o Santa Rita: com a maioria dos gols feitos de cabeça, estreou na Copa do Brasil com goleada por 5 a 0, no Estádio do Mineirão. O resultado praticamente coloca o Cruzeiro nas quartas de final, mas ainda é preciso disputar o jogo de volta em Alagoas. Quem avançar no duelo enfrentará Vasco ou ABC – o primeiro jogo entre os dois terminou 1 a 1.

O Cruzeiro nem deu tempo para o Santa Rita sonhar com a vitória. Aos 7min, Lucas Silva teve espaço para pensar e cruzar na cabeça de Marcelo Moreno, que subiu alto e mandou a bola para o gol. Apenas dez minutos depois, Dedé aproveitou cobrança de escanteio nem precisou pular para cabecear e marcar o seu.

Enquanto o Santa Rita se fechava e tentava contra-atacar de forma muito lenta, o Cruzeiro não parou: teve um gol anulado de Marcelo Moreno aos 22min. E marcou de novo de cabeça, aos 34min: após bela jogada de Mayke, Julio Baptista finalizou com sucesso para a rede.

Com 3 a 0 no placar, o Cruzeiro até corria o risco de se acomodar. Mas não foi o que aconteceu: aos 9min, após chute forte de Lucas Silva, Moreno pegou o rebote e transformou a vitória em goleada.

Aliás, o placar poderia ter sido até maior, já que o Cruzeiro acertou três bolas na trave, duas vezes com Moreno e outra com Marlone. O técnico Marcelo Oliveira também aproveitou a vantagem para colocar em campo jogadores que não costumam receber chances, como Neilton e Willian Farias.

Mesmo assim a torcida começou a pedir “mais um”, fazendo com que o Cruzeiro não desanimasse. E deu certo: aos 41min, após a defesa do Santa Rita tentar afastar o perigo, a bola sobrou para Henrique, que chutou forte no gol.

Jornal Midiamax