Geral

Cristiano Ronaldo volta a campo e brilha em amistoso de Portugal nos EUA

Cristiano Ronaldo proporcionou uma grande injeção de ânimo a Portugal antes da Copa do Mundo ao retornar em grande forma de uma lesão para participar da vitória por 5 x 1 sobre a Irlanda na terça-feira. O atacante português jogou sua primeira partida desde a final da Liga dos Campeões, e a sua presença ajudou […]

Arquivo Publicado em 11/06/2014, às 11h01

None

Cristiano Ronaldo proporcionou uma grande injeção de ânimo a Portugal antes da Copa do Mundo ao retornar em grande forma de uma lesão para participar da vitória por 5 x 1 sobre a Irlanda na terça-feira.


O atacante português jogou sua primeira partida desde a final da Liga dos Campeões, e a sua presença ajudou a impulsionar o outrora claudicante ataque português, no estádio MetLife, em Nova Jersey.


Ronaldo não marcou e foi substituído aos 19 minutos do segundo tempo, mas deu algumas demonstrações de todo seu talento e saiu ileso da partida depois de ter sido poupado nos dois amistosos preparatórios anteriores devido a problemas no joelho esquerdo e coxa direita.


“Acho que ele foi bem, considerando que não tem jogado”, disse o técnico de Portugal, Paulo Bento.


“Jogadores como Ronaldo são importantes para qualquer equipe em que atuem… e é o mesmo em nosso caso.”


Ronaldo, o atual melhor jogador do mundo, quase marcou aos 18 minutos de partida com um chute forte que atingiu a trave, e novamente ao 37 minutos, com uma cabeçada defendida pelo goleiro irlandês David Forde.


Hugo Almeida abriu a placar aos três minutos quando pulou acima da defesa e cabeceou o cruzamento de Silvestre Varela para a rede.


Depois, Almeida voou no rebote para converter o segundo de seus dois gols na primeira etapa, quando os portugueses reencontraram o caminho do gol após terem marcado apenas uma vez nos dois jogos anteriores, contra México e Grécia.


Portugal marcou novamente aos 20 minutos quando o chute rasteiro de Fabio Coentrão foi desviado para cima pelo zagueiro irlandês Richard Keogh, encobrindo o goleiro.


A Irlanda diminuiu no início da segunda etapa quando James McClean acertou um tiro de canhota no canto.


Portugal dominou o restante da partida, emplacando mais dois gols no final contra a Irlanda, que não conseguiu se classificar para a Copa. Vierinha saiu do banco para marcar o seu aos 32 minutos do segundo tempo.


Coentrão selou a goleada ao aproveitar com precisão um passe de Nani, que impressionou pela atuação após entrar no lugar de Cristiano Ronaldo para jogar os últimos 25 minutos, e ele ainda teve um gol anulado por impedimento pouco antes do final do jogo.


O meia Raul Meireles, que tem sofrido com um problema na coxa, também jogou 64 minutos, enquanto o zagueiro Pepe, que enfrenta uma lesão muscular na perna, entrou em campo pelos últimos 25 minutos, em mais um reforço para Portugal, que foi sorteado para o Grupo G do Mundial, junto com Gana, Inglaterra e Estados Unidos.


“Nós estamos ansiosos para o Mundial”, disse Bento.


“Fisicamente todos os nossos jogadores estão em forma para jogar, então isso é bom”, acrescentou o treinador.

Jornal Midiamax