Geral

Cozinheira virou escritora ao lançar receitas colecionadas em mais de 30 anos de experiência

A primeira receita que entrou para a coleção de Sirlei Miranda, de 40 anos, foi de bolo de chocolate. Com apenas oito anos, a menina que foi criada em um internato já mostrava suas habilidades na cozinha e deixava as outras crianças encantadas com tanto sabor. Sirlei conta que toda vez que fazia o bolo, […]

Arquivo Publicado em 05/06/2014, às 17h35

None

A primeira receita que entrou para a coleção de Sirlei Miranda, de 40 anos, foi de bolo de chocolate. Com apenas oito anos, a menina que foi criada em um internato já mostrava suas habilidades na cozinha e deixava as outras crianças encantadas com tanto sabor.

Sirlei conta que toda vez que fazia o bolo, o internato entrava em festa com a explosão de cheiros e aramos que saia da cozinha. “As crianças adoravam. Desde menina cozinho e todo mundo sempre elogiou”, diz, sem modéstia.

E a atividade, que começou mais por necessidade, já que no internato todos tinham funções, se desenvolveu. Sirlei cresceu e não poderia ser outra coisa senão cozinheira. Aos 16 anos deixou o internato e foi viver com a mãe biológica, que também é cozinheira. Para ajudar nas despesas foi trabalhar. A mãe conseguiu um emprego em um restaurante como ajudante de cozinha.

Curiosa, conta que depois de picar, preparar, organizar os alimentos e a cozinha, prestava atenção no preparo. Cada passo dado pelo cozinheiro, ela acompanhava. E de tanto observar aprendeu e logo já era cozinheira.

Aos poucos foi colecionando receitas e quando viu eram muitas as coisas que sabia que fazer. O seu jeitinho, o toque especial de seu tempero, fez história, e por onde passava todos queria a receita de Sirlei.

“Todo mundo me pedia para passar a receita. Não importa que eu fazia. Eu sempre passei. Direitinho, mas dizia, o tempero é da mão de cada um”, conta, lembrando que isso é único.

Mudança

A profissão de cozinheira foi exercida em restaurantes por quase dez anos, mas com a chegada do filho, Sirlei optou em trabalhar na cozinha de casa de família. “O ritmo de restaurante é muito pesado. Não tem hora. E com criança pequena não dava. Optei por ele”, diz a mãe.

Cozinhar para muita gente ficou restrito aos retiros da igreja, onde o tempero de Sirlei sempre fez sucesso. “Todos me diziam para eu escrever minhas receitas. Contar como faz. Mas eu nem imagina que isso poderia ser possível”, diz, a atual escritora.

Até que um dia, dentro da igreja mesmo, foi convidada pelos donos de uma gráfica a publicar suas delicias. E assim as receitas de bolos, tortas, salgados, saladas, mousses e tantas outras delícias de Sirlei se transformaram no livro “Um Jeito Simples de Cozinhar”.

A obra mostra como fazer de forma prática nem sempre tão simples, mas que utilizam ingredientes encontrados em qualquer dispensa. “Esse é um livro onde ensino a melhor forma de fazer receitas já conhecidas do público. Não são criações minhas, são delícias que eu executo há muito tempo”, explica.

Dentre os quitutes do livro que apresenta mais de 130 modos de preparo em 160 páginas, com a proposta de revolucionar o cotidiano ela ressalta estão clássicos e pratos diferentes como a feijoada vegetariana, a mousse de maracujá super chique, a torta delícia de frango e o clássico arroz branco.

Para finalizar, Sirlei deixa uma dica de jantar completo para quem quer fazer bonito no fim de semana. Escondidinho de carne seca, com salada verde completa petit gateau. Acompanhe.


Para comprar o livro entre em contato com a Gráfica Alvorada, 3383-5540.



Salada verde completa

Do que preciso?


  • 1 pé de alface roxa
  • 1 pé de alface americana
  • 1 pé de alface mimosa
  • 1 maço de rúcula
  • 1 maço de agrião
  • Lascas de peito de frango
  • 10 tomates cereja
  • 1 pepino em fatias
  • 1 manga cortada em cubos

Molho de mostarda

Do que preciso?


  • 2 colheres de sopa de mostarda
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 colher de sopa de vinagre balsâmico
  • 1 colher de chá de mel

Como fazer?

Lave e higienize todas as folhas. Escorra e seque. Arrume as folhas em uma travessa intercalando folhas de cores diferentes para dar um visual mais bonito. Enfeite com as lascas de frango, tomates, pepinos e a manga. Em uma tigela misture os ingredientes do molho e deixe descansar por dez minutos. Despeje colheradas do molho na salada e sirva.

Escondidinho

Do que preciso?


  • 1 quilo de carne de sol cozida e desfiada
  • 1 ½ de mandioca
  • 2 cebolas cortadas
  • 2 tomates sem pele
  • 3 dentes de alho amassado
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 xícara de chá de requeijão catupiry
  • 1 litro de leite
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar (a gosto)
  • Óleo para refogar a carne

Como fazer?

Cozinhe a mandioca com sal até ficar macia. Amasse a metade da mandioca com garfo. Bata no liquidificador a outra metade com o leite até formar uma pasta grossa. Coloque a manteiga na panela e frite a cebola. Coloque a mandioca amassada e a batida e mexa aos poucos. Coloque o leite formando um purê. Misture o requeijão e reserve. Refogue a cebola no óleo. Refogue a outra cebola no óleo, acrescente o alho, os tomates sem pele e a carne. Em um refratário coloque uma parte do purê, outra de recheio e tampe com o restante do purê. Polvilhe com o queijo e leve ao forno para dourar.





Petit gateau

Do que preciso?


  • 100 gramas de manteiga
  • 120 gramas de chocolate meio amargo picado
  • 2 ovos
  • 2 gemas
  • ½ xícara de chá de açúcar
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo

Como fazer?

Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas. Junte a manteiga e mexa até ficar homogêneo, liso e brilhante. Na batedeira bata os ovos, as gemas e o açúcar. Desligue a batedeira e despeje aos poucos o chocolate e mexa. Misture a farinha de trigo suavemente. Unte as forminhas com manteiga e farinha de trigo. Asse em forno pré-aquecido por cerca de 7 a 10 minutos. O ponto certo é consistente por fora e mole por dentro. Desinforme e sirva com sorvete.

Jornal Midiamax