Geral

Cortejo que leva corpo de empresário reúne cerca de 300 carros pelas ruas da Capital

O cortejo que acompanha o corpo do empresário Erlon Peterson Pereira Bernardo, de 32 anos, que será sepultado no Cemitério Jardim das Palmeiras, localizado na Avenida Tamandaré, reúne cerca de 300 carros. Os motoristas vieram desde o parque Ayrton Senna, localizado na região sul de Campo Grande, até o cemitério, que fica no outro extremo […]

Arquivo Publicado em 07/04/2014, às 19h00

None

O cortejo que acompanha o corpo do empresário Erlon Peterson Pereira Bernardo, de 32 anos, que será sepultado no Cemitério Jardim das Palmeiras, localizado na Avenida Tamandaré, reúne cerca de 300 carros.

Os motoristas vieram desde o parque Ayrton Senna, localizado na região sul de Campo Grande, até o cemitério, que fica no outro extremo da cidade, na região norte.

Como não poderia deixar de ser, devido à brutalidade do caso, o clima no cemitério é de extrema tristeza e comoção.

Entenda o caso

O empresário desapareceu por volta das 16 horas de terça-feira (1º), após sair de casa para se encontrar com um possível comprador do carro que ele havia anunciado no site de vendas online Bom Negócio. Conforme a família, ele teria ido encontrar o suposto comprador próximo da rotatória e da fábrica da Coca-Cola. Elçe ficou desaparecido por cinco dias e foi encontrado morto, dentro de um fosso, em uma casa no bairro São Jorge da lagoa neste domingo (6).

Jornal Midiamax