Geral

Copa SP: Inter é surpreendido com gol no final e empata com Brasília

Depois de sofrer para vencer o Rio Claro na estreia da Copa São Paulo, o Internacional voltou a decepcionar na competição, nesta terça-feira. Dessa vez o problema foi mais grave: após ficar na frente durante toda a partida, o time colorado sofreu um gol aos 47min do segundo tempo e empatou por 2 a 2. […]

Arquivo Publicado em 08/01/2014, às 01h55

None

Depois de sofrer para vencer o Rio Claro na estreia da Copa São Paulo, o Internacional voltou a decepcionar na competição, nesta terça-feira. Dessa vez o problema foi mais grave: após ficar na frente durante toda a partida, o time colorado sofreu um gol aos 47min do segundo tempo e empatou por 2 a 2. Mas como a intenção da competição é revelar jogadores, o time colorado pelo menos pode comemorar a boa atuação de Bruno Baio, que fez os dois gols do time.

O resultado deixa Inter e Brasília empatados com quatro pontos no Grupo E. O time colorado enfrentará agora o Marília, que tem apenas um e está praticamente eliminado. Além de vencer, a equipe gaúcha ainda terá que torcer contra o Brasília no duelo contra o Rio Claro. O saldo de gols, que hoje está igual entre os líderes (+1), pode ser decisivo na chave.

Após vencer seu primeiro jogo na Copa São Paulo, o Brasília já fez um bom primeiro tempo contra o Inter. O time soube bloquear as ações do time gaúcho e equilibrou a partida durante os vinte minutos iniciais.

O Inter só mostrou alguma superioridade em lances raros, como aos 24min, na tabela finalizada por Leandro para a rede, mas do lado de fora. Depois, a melhor oportunidade pintou aos 43min, quando Bruno desviou uma cobrança de Romário e acertou a trave.

Após o intervalo, porém, o Inter começou a deslanchar. Aos 3min, Carlinhos fez uma boa enfiada para Bruno Baia, que mostrou frieza para marcar.

Mais uma vez o Brasília mostrou qualidade, não se abalou e fez o gol de empate. Aos 23min, Marlon marcou de cabeça. Demorou pouco para o Inter responder: aos 32min, Bruno recebeu a bola na entrada da área e chutou colocado para balançar a rede de novo.

O Inter resolveu então recuar e tantar apenas contra-ataques. Mas o Brasília mostrou coragem e raça para fazer o gol no final. Victor Hugo cobrou uma falta no último lance do jogo e decretou a grande zebra do Grupo E.

Jornal Midiamax