O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), disse que ‘está tudo certo’ para assinar nesta sexta-feira (25), o contrato com o Hospital Sírio-Libanês para o local começar a funcionar como Hospital Infantil.

Durante agenda desta quinta-feira (24), na Vila Popular, Olarte preferiu não dar detalhes do contrato, mas a unidade também dará suporte para desafogar a rede municipal de saúde.

O custo mensal do arrendamento da unidade será pouco a mais que R$ 1 milhão. O Hospital Infantil terá 40 leitos e dois centros cirúrgicos. As salas de cirurgia poderão ser usadas para diminuir as filas de pacientes que aguardam para operar de catarata.

A intenção da Prefeitura é disponibilizar plantões permanentes de pediatras no hospital. A especialidade é uma das mais procuradas nos postos de saúde de Campo Grande.