Geral

Continua desaparecida mulher que saiu com o filho para ir ao banco

Familiares continuam apreensivos com o desaparecimento de Geisiele Paim Alves, de 24 anos de idade. Ela saiu de casa na tarde de quarta-feira (26) para ir a Agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Coronel Antonino, acompanhada pelo filho de 1 ano de idade e até o final da manhã desta quinta-feira (27) não havia […]

Arquivo Publicado em 27/03/2014, às 14h20

None

Familiares continuam apreensivos com o desaparecimento de Geisiele Paim Alves, de 24 anos de idade. Ela saiu de casa na tarde de quarta-feira (26) para ir a Agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Coronel Antonino, acompanhada pelo filho de 1 ano de idade e até o final da manhã desta quinta-feira (27) não havia dado notícias.

Segundo Gislayne Paim Alves,de 27 anos de idade, que comunicou o desaparecimento, algumas informações chegaram até a família quanto ao paradeiro da mãe e filho,mas nada foi confirmado.

“Ligaram falando que ela estaria na casa de um tio nosso em Três Lagoas, mas falei com ele e ele negou.Disse que ninguém apareceu por lá. A cada informação que recebemos aumenta a nossa aflição”, afirmou.

Gislayne negou que a irmã estivesse enfrentando qualquer problema familiar e que pudesse ter desaparecido por vontade própria. “O marido dela, que pediu para que ela sacasse o dinheiro no banco estava viajando e voltou às pressas para acompanhar esta situação. Estava tudo bem na vida deles e esse desaparecimento é muito estranho”, afirmou.

Geisiele teria saído de casa para ir ao banco,com a missão de sacar a importância de R$ 4 mil que serviriam para a compra de um carro. Como o caso foi registrado na noite de quarta-feira, apenas na tarde desta quinta-feira é que será efetivamente investigado.

Possivelmente o caso será repassado para a delegacia da área,que é o Coronel Antonino e posteriormente, se o desaparecimento persistir, a Delegacia de Homicídios assumirá as investigações.

Jornal Midiamax