Geral

Combates no leste da Ucrânia deixam 13 militares mortos

Combates entre o exército e os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia mataram pelo menos 13 militares nas últimas 24 horas, informou neste sábado (9) o Conselho de Segurança Nacional e Defesa. “Na libertação da Ucrânia morreram 13 de nossos rapazes, no curso do último dia”, disse o porta-voz da pasta, Andrei Lisenko, que precisou […]

Arquivo Publicado em 09/08/2014, às 13h26

None

Combates entre o exército e os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia mataram pelo menos 13 militares nas últimas 24 horas, informou neste sábado (9) o Conselho de Segurança Nacional e Defesa.


“Na libertação da Ucrânia morreram 13 de nossos rapazes, no curso do último dia”, disse o porta-voz da pasta, Andrei Lisenko, que precisou que esse número inclui soldados de todas as entidades de ordem pública.


Segundo Lisenko, os combates se desenvolvem nas localidades de Mnogopolie, Stepanovka, Grigorovka, Krasni Yar e no aeroporto de Lugansk.


“As atividades das forças da operação antiterrorista estiveram acompanhados por ataques aéreos contra as bases e os pontos de controle (dos insurgentes)”, afirmou.


O porta-voz precisou que perto da cidade de Gorlovka, as tropas destruíram dez veículos blindados dos separatistas com a tripulação a bordo.


Além disso, “outra coluna de máquinas militares foi destruída por pilotos ucranianos perto da cidade Antratsit da região de Lugansk”.


Enquanto isso, as partes beligerantes se abstiveram de comentar as informações nas redes sociais que apontam que as tropas tomaram o controle da cidade de Krasni Luch, o que suporia a conclusão do cerco da cidade de Donetsk, principal bastião dos rebeldes pró-russos.


Kiev anunciou na quinta-feira o início da ofensiva contra as cidades de Donetsk e Lugansk, habitadas por quase 1,5 milhão de pessoas entre ambas antes do início do conflito armado.

Jornal Midiamax