Geral

Comando-Geral da PM lamenta morte de soldado e esposa através de nota oficial

Em nota oficial no site da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, divulgada nesta quarta-feira (6), o Comando-Geral da PM lamentou a morte do soldado Luciano Gomes Chamorro, de 28 anos e de sua ex-esposa, Mayara Cristina da Silva, de 22 anos. De acordo com a assessoria da PM, novas informações sofre o velório e enterro […]

Arquivo Publicado em 06/08/2014, às 21h43

None

Em nota oficial no site da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, divulgada nesta quarta-feira (6), o Comando-Geral da PM lamentou a morte do soldado Luciano Gomes Chamorro, de 28 anos e de sua ex-esposa, Mayara Cristina da Silva, de 22 anos.

De acordo com a assessoria da PM, novas informações sofre o velório e enterro do soldado, serão postadas no site. O polícia ingressou na corporação em julho de 2010 e estava lotado na unidade da PM em Dois Irmãos do Buriti (7º BPM).

Mortes

O soldado da PM teria matado a esposa e cometido suicídio na manhã desta quarta-feira (6), por volta das 11h50. O crime aconteceu na casa dela que fica no Jardim Nova Jerusalém, região sul de Campo Grande.

O militar, estava de férias em Campo Grande, na casa da mãe, de quem teria pegado o Celta, branco, placas NRS-4954, de Campo Grande (MS), informado que iria conversar com a ex, de quem estava separado desde março deste ano.

Assim que chegou à casa da ex-mulher, pediu para ver a filha. Ao entrar no imóvel, ele teria discutido com a ex-companheira e com os irmãos dela, de 17 e 18 anos, que estavam na residência. A briga teria ido parar no quarto dela, onde teria dado três tiros, sendo dois nela, que estava de bruço na cama, e um no ouvido dele, que estava próximo do móvel.

Jornal Midiamax