Geral

Com olhos de criança, artistas de MS inauguram exposição Meninices

Buscando inspiração no filho e nos netos Lúcia Monte Serrat e Antonia Hanemann brincam com a arte, extravasam o mundo infantil por meio das cores e formas. Como mãe e avó, como menina e mulher, como ser humano e artista, com olhos infantis ver o mundo é mais brilhante. É assim que elas mostram suas […]

Arquivo Publicado em 06/01/2014, às 16h54

None

Buscando inspiração no filho e nos netos Lúcia Monte Serrat e Antonia Hanemann brincam com a arte, extravasam o mundo infantil por meio das cores e formas. Como mãe e avó, como menina e mulher, como ser humano e artista, com olhos infantis ver o mundo é mais brilhante. É assim que elas mostram suas artes na exposição Meninices que será aberta ao público nesta terça-feira (7), às 19h, na Morada dos Baís.
Dentro desse contexto surgem mundos, meninas com olhares de fada, flores, dragões, enfim, o mundo encantado, de seres encantados que elas esperam que o público se encante junto.
Um cabo de vassoura vira um dragão alado, uma caixa vira um ônibus numa viagem de família, a imaginação dos contos de fadas antigos são transportados para atualidades e em vez de um castelo sobre nuvens (como na história de João e o Pé de Feijão) temos cidades sobre nuvens, com seus arranha-céus que querem ultrapassar as estrelas ou uma cidade que cabe no ninho de um passarinho

Nesse questionamento o saber infantil e seu olhar exercem um poder e um fascínio, Antonia e Lucia buscam nas crianças não só a inspiração, mas a técnica e o sentido da arte.

Elas utilizam técnicas como objetos em papel machê e o bordado sobre tela para expandir e brincar com o conceito do que seja arte e do fazer artístico com objetos e telas que brincam com o olhar sobre a forma e conteúdo da arte, de quem determina até quem vai se apropriar e ter o poder de valorar o artístico.

Jornal Midiamax