Geral

Com mais de cem passagens, dupla é presa após assaltar jovem e levar carro na Capital

Dois foram presos por assaltar e levar um carro Peugeot 207, de uma jovem na manhã desta terça-feira (3), na Vila Manoel da Costa Lima, próximo a avenida Ceará em Campo Grande. A jovem estava próximo ao seu serviço momento em que foi abordada por Wellington Adilson do Prado de 19, e Alisson Nunes Maciel […]

Arquivo Publicado em 04/06/2014, às 20h47

None
567706943.jpg

Dois foram presos por assaltar e levar um carro Peugeot 207, de uma jovem na manhã desta terça-feira (3), na Vila Manoel da Costa Lima, próximo a avenida Ceará em Campo Grande.

A jovem estava próximo ao seu serviço momento em que foi abordada por Wellington Adilson do Prado de 19, e Alisson Nunes Maciel de 20 anos. Somando, os dois têm mais 100 passagens por roubo a mão armada e outros crimes, quando menor e maior de idade.

Alisson e Wellington foram apresentados na tarde desta quarta-feira (4), na Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos, (Defurv). De acordo com a polícia, a jovem chegou a ser agredida e arrastada para fora do veículo. Os autores estavam armados com um revólver calibre 22.

Como a bolsa e o celular da vítima ficaram dentro do carro, a Polícia Civil então fez o rastreamento que apontou que o aparelho estava no Jardim Noroeste. Investigadores foram ao local onde souberam que a dupla vendia o veículo por R$ 2 mi.

O Peugeot 207 estava escondido em uma construção abandonada na região da saída de Cuiabá, próxima a Uniderp Agrárias. De acordo com a polícia, Alisson tem mais de 100 passagens, quando menor e maior por roubo a mão armada e outros crimes, já ficou internado na Unidade Educacional de Internação (Unei), e preso duas vez na Máxima da Capital.

Ainda segundo a polícia, Wellington também tem passagens por roubo à mão armada e passou muito tempo na Unidade Educacional de Internação (Unei).

Após a prisão, a delegada Maria de Lourdes Cano, contou que outras cinco pessoas que podem ter sido vítima da dupla pelo mesmo crime, procuraram a delegacia. Segundo ela, depois do roubo os veículos eram levados para o Paraguai.


Jornal Midiamax