Cinco pessoas são presas pela morte de segurança em festa de som automotivo

Cinco pessoas foram presas suspeitas de terem assassinado o segurança Júlio Albuquerque, de 20 anos, na noite do último domingo (10), durante uma festa de som automotivo no Sinpol (Sindicato de Policiais Civis) em Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande. O local foi alugado para a realização do evento. O delegado Roberto Gurgel de […]
| 14/08/2014
- 01:09
Cinco pessoas são presas pela morte de segurança em festa de som automotivo

Cinco pessoas foram presas suspeitas de terem assassinado o segurança Júlio Albuquerque, de 20 anos, na noite do último domingo (10), durante uma festa de som automotivo no Sinpol (Sindicato de Policiais Civis) em Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande. O local foi alugado para a realização do evento.

O delegado Roberto Gurgel de Oliveira Filho disse à reportagem que já fez o pedido de prisão preventiva dos cinco. Ainda de acordo com a polícia, os presos são quatro irmãos e um cunhado. Eles terão seus nomes e fotografias divulgadas somente nesta quinta-feira (14), segundo o delegado.

Os autores chegaram ao local em dois carros. Dos suspeitos, alguns são responsáveis por cercarem o segurança, outros por agredirem e um por esfaquear a vítima. Ele ressalta a importância de saber exatamente o envolvimento de cada pessoa no caso.

A vítima teria sido atingida por quatro golpes de faca na altura do peito. O rapaz chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil aguarda o resultado dos exames necroscópicos.

Os suspeitos disseram na delegacia que Júlio teria partido para a briga contra os cinco, e os autores então teriam revidado, matando-o a facadas. Um tio de Júlio, que tentou evitar a confusão, também levou uma facada no peito. Ele foi levado para atendimento e não corre risco de vida. A polícia não descarta a participação de demais envolvidos.

Testemunhas afirmaram que o autor do homicídio causou confusão em uma festa no dia anterior, sendo necessário que o segurança o retirasse do local, o que pode ter motivado o crime

Últimas notícias